Home / Colunas / Faça parte do Time do Tas na Cobertura da Copa do Mundo!

Faça parte do Time do Tas na Cobertura da Copa do Mundo!

Marcelo Tas é um fenômeno da comunicação brasileira. Presente na televisão desde 1983, quando encarnou o indiscreto repórter Ernesto Varela, o diretor, jornalista, apresentador de televisão, escritor, ator e roteirista tem muito a ensinar. POr isso, empenhados em entender e divulgar a amplitude dos talentos do homem cujo trabalho está associado ao que existiu de melhor na comunicação brasileira das últimas décadas (ufa!), o Fala! levantou um breve Dossiê Marcelo Tas, com alguns dos seus melhores trabalhos, em linguagens e veículos variados. Olha isso!:

“Ernesto Varela” (1983)

TV Gazeta, São Paulo – A estreia profissional de Tas na televisão, encarnando um repórter de mentira que faz perguntas para gente de verdade.

 

“Crig-Rá” (1984)

Abril Vídeo, São Paulo – O apresentador Bob Macjack,  vivido por Tas, tratava sobre música e apresentava os primeiros videoclipes feitos no país, em plena efervescência na década de 1980. “O melhor programa de rádio da TV brasileira.”

 

Vídeo Show (1987)

TV Globo, Rio de Janeiro – Tas vivia o “Cabeça Branca”, um personagem eletrônico que incorporava todos apresentadores da TV.

 

“Rá-Tim-Bum” (1990)

TV Cultura, São Paulo – Tas era o simpático – e igualmente assustador – Professor Tibúrcio. Agora já dá para admitir que você também tinha um pouco de medo dele. “Olá classe!”… “Olá, Professor Tibúrcio!”

 

“Netos do Amaral” (1991)

MTV Brasil, São Paulo – Série de documentários com o repórter Ernesto Varela para a estréia da MTV no Brasil.

“Castelo Rá-Tim-Bum” (1994)

TV Cultura, São Paulo – Telekid, o menino-Google que respondia às perguntas de Zequinha. Afinal, “porque sim não é resposta!”

“Professor Planeta” (1997)

ESPN Brasil, São Paulo – Personagem de esquetes hilárias, criado para a estreia do canal de esportes ESPN no Brasil.

 

“Vitrine” (1998 – 2003)

TV Cultura, São Paulo – Tas era o âncora do Vitrine, primeiro programa a abordar a chegada da internet e a revolução digital na TV aberta brasileira.

 

“Saca-Rolha” (2006 – 2007)

Rede 21, São Paulo – Tas era um dos entrevistadores, juntamente com Lobão e Mariana Weickert, no talkshow do Grupo Bandeirantes.

 

ZAP, O Resumo da Ópera (2002)

Festival de Óperas, Manaus – Criada originalmente como uma pocket-ópera, “Zap”, concebida, narrada e dirigida por Tas é apresentada para 20 mil pessoas na praça do Teatro Amazonas.

 

CQC (2008 – 2014)

Band, São Paulo – Tas foi âncora do icônico humorístico-jornalístico do Grupo Bandeirantes.

 

Papo de Segunda (2015 – 2017)

GNT, Rio de Janeiro – Talk Show com Marcelo Tas, João Vicente, Léo Jaime e Xico Sá.

Marcelo Tas está há tanto tempo fazendo programas inteligentes e criativos na grande mídia que já é possível identificar a idade de uma pessoa só pela primeira lembrança que ela possui do Tas: se o conheceu como âncora do CQC, é muito jovem. Se foi como o Telekid, é semi jovem – aquela idade em que já é preciso repensar algumas peças no guarda-roupa. Se foi como o professor Tibúrcio, bom, aí é prudente já agendar um check-up médico.

O fato é que Tas já faz parte da história da comunicação brasileira. E agora, profissionais e estudantes que sejam apaixonados por futebol e por contar histórias, terão a oportunidade de participar da Cobertura da Copa da Rússia com Marcelo Tas. É a chance de aprender de perto com um gigante do jornalismo!

Para participar, basta se inscrever  em um curso 100% gratuito na plataforma do Torcedores.com. Durante três módulos, os interessados terão a oportunidade de aprender com Tas, que vai falar conceitos gerais do jornalismo e também específicos da editoria de Esportes, e ainda contará histórias de sua vida como jornalista.

Mais Informações no site do Torcedores.com

Confira também

Crítica: Aquaman – a DC respira (embaixo d’água)

Por Layon Lazaro – Fala!USP A DC respira – embaixo d’água Toda vez que um ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *