Kanye West critica indústria da música: "Escravidão moderna"
Menu & Busca
Kanye West critica indústria da música: “Escravidão moderna”

Kanye West critica indústria da música: “Escravidão moderna”

Home > Entretenimento > Cultura > Kanye West critica indústria da música: “Escravidão moderna”

Kanye West se revoltou em sua conta do Twitter, expondo termos de seus contratos com gravadoras. A principal atacada foi a Universal Music.

Em seu Twitter, Kanye West revela termos de seus contratos com as empresas Sony e Universal Music e exije royalties de seu trabalho.
Em seu Twitter, Kanye West revela termos de seus contratos com as empresas Sony e Universal Music e exije royalties de seu trabalho.

Kanye West, o rapper que prometeu se candidatar para a presidência dos Estados Unidos, reclama da indústria musical em sua conta oficial do Twitter desde segunda-feira (14).

Ontem, no entanto, o músico e estilista continuou e postou fotos de seus contratos com as gravadoras da Sony e da Universal. West tem dez contratos somente com a Universal, que foi a mais atacada por ele.

Conforme o musicista, suas obras se tornam royalties e ele não ganha o dinheiro que merece pelo seu trabalho. Outro artista que sofreu com isso foi Taylor Swift, que perdeu o direito de seus trabalhos anteriores ao álbum “Lover” para o empresário Scooter Braun.

West afirmou que a indústria fonográfica e a liga nacional de basquete americana (NBA) são como “navios negreiros modernos”, e que não lançará novas músicas até ser liberado de seus contratos.

“Eu preciso ver o contrato de todo mundo na Sony e na Universal. Não vou deixar meu povo ser escravizado. Estou colocando minha vida em risco pelo meu povo. A indústria da música e a NBA são navios negreiros modernos”, ele escreveu.

De acordo com Kanye, ele se posicionou pois é o único artista que fez bilhões de dólares fora da indústria musical. O rapper também trabalha com design (sua marca Yeezy) e imóveis.

Kanye escreveu: “Eu sou a única pessoa que pode falar disso pois eu fiz multi bilhões fora da música. Nenhum músico faz bilhões dentro da [indústria] música. Eu vou mudar isso”
“Ficamos muito confortáveis em não receber o que merecemos… eles nos deixam ter um pouco de dinheiro de tours, nos dão cordões de ouro, um pouco de álcool, algumas garotas e números falsos para alimentar nossos egos… mas não somos donos de nossas obras”

Além disso, Kanye postou um vídeo em que urina em um de seus Grammys, maior prêmio da indústria musical, alegando que “não vai parar”.

________________________________________

Por Domitilla Mariotti / Redação Fala!

Tags mais acessadas