'Jogos Vorazes' - Confira uma análise do sucesso de Suzanne Collins
Menu & Busca
‘Jogos Vorazes’ – Confira uma análise do sucesso de Suzanne Collins

‘Jogos Vorazes’ – Confira uma análise do sucesso de Suzanne Collins

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Jogos Vorazes’ – Confira uma análise do sucesso de Suzanne Collins

Apesar de lançado em 2012 e o último longa da franquia ter estrado em 2015, Jogos Vorazes segue sendo muito relevante nos dias de hoje. Isso se deve tanto por conta de sua legião de fãs, quanto pelas discussões extremamente atuais presentes no enredo criado por Suzanne Collins, autora da trilogia que inspirou a adaptação cinematográfica.

Contexto do filme

Em um futuro distópico, após um período de muitas guerras, os Estados Unidos foram divididos entre a capital e mais 13 distritos, que juntos formam a nação de Panem. Em um determinado momento, os distritos se juntam contra o comenda da capital e iniciam uma guerra, que resulta na derrota dos dois distritos e na supressão do distrito 13. Com isso, a capital cria uma competição, intitulada Jogos Vorazes, que consiste em sortear um casal de cada distrito para uma competição de sobrevivência, que é transmitida para todo o país.

Conhecidos como tributos, os participantes são levados para um local definido pela capital e, lá, precisam matar os outros competidores até sobrar apenas um, que se torna o grande vencedor. Todos os habitantes têm os nomes incluídos no sorteio quando completam 12 anos e, em troca, garantem o direito de concessão de grãos anuais.

jogos vorazes
Cena de Jogos Vorazes. | Foto: Reprodução.

História de Jogos Vorazes

A história gira em torno de Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence), uma jovem de 16 anos que se voluntaria para entrar nos jogos depois de sua irmã mais nova ser sorteada. A garota, então, é enviada para a capital junto a Peeta Mellark (Josh Hutcherson), o outro sorteado de seu distrito, para começar os preparativos da competição.

Os Jogos Vorazes nada mais são do que um grande reality show futurista. Os tributos são apresentados para todos em um desfile pirotécnico, fazem entrevistas, entre outras coisas. Enquanto os jogos acontecem, inclusive, são oferecidos “presentes” aos participantes, enviados por patrocinadores.

Agora que apresentamos os principais pontos do enredo, podemos partir para a análise do filme, que possui muitas características socioculturais importantes da nossa sociedade atual e de sociedades antigas.

Análise do sucesso

Um dos maiores paralelos que podem ser observados é com o Império Romano, tanto em aspectos políticos, quanto nos ideológicos e sociais. Nomes de personagens, como César, Claudius e Cinna, são referências claras a este período, além de, assim como gladiadores, os tributos desfilarem em carros puxados por cavalos. 

Além disso, há uma semelhança inegável entre os Jogos Vorazes e os jogos circenses romanos, com o costume do povo de se reunir para ver pessoas lutando até a morte em arenas manipuladas para tornar tudo ainda mais interessante. Panem, inclusive, vem da expressão latina “panen et circenses”, que significa “pão e circo“. A frase era comumente utilizada para descrever esse tipo de entretenimento, que afastava a atenção da população de assuntos como política e fome.

Podemos também observar, a partir da sociedade extremamente desigual, diversos aspectos políticos e sociais das teorias de Karl Marx. Baseada na luta de classes, que consiste no embate entre os polos economicamente opostos da sociedade, a crítica marxista é retratada aqui pela dominação da Capital, constituída pelos 1% mais ricos do país, sob os moradores dos Distritos. 

Cada Distrito de Panen funciona como uma grande engrenagem para sustentar a Capital, servindo apenas para abastecê-la. Esse funcionamento, por sua vez, remove da população a sensação de individualidade, transformando todos em peças insignificantes para o país. Esse funcionamento faz com que a produção tenha mais valor que os seres  humanos, gerando  uma dominação dos que podem possuí-la sobre os que a produzem. 

Ou seja, ao falarmos de Jogos Vorazes, estamos falando também de sua essência crítica, voltada principalmente ao funcionamento da sociedade capitalista e às atitudes desumanas mascaradas como algo necessário para o bem-estar do Estado. 

________________________________
Por Melissa Marques – Fala! Mack

Tags mais acessadas