Joe Biden menciona ajuda à Amazônia em debate
Menu & Busca
Joe Biden menciona ajuda à Amazônia em debate

Joe Biden menciona ajuda à Amazônia em debate

Home > Notícias > Política > Joe Biden menciona ajuda à Amazônia em debate

Joe Biden, candidato à presidência dos Estados Unidos, mencionou perigo do aquecimento global e que é necessário salvar a floresta amazônica, antes que o Brasil a queime

Joe Biden
Joe Biden prometeu organizar fundo milionário para proteger a Amazônia. FOTO: Mike Segar / Reuters.

Joe Biden, ex-vice presidente dos EUA nos mandados de Barack Obama, mencionou a Amazônia em seu primeiro debate presidencial contra Donald Trump.

Os incêndios na floresta amazônica começaram em 2019 bem quando os candidatos à presidência americana iniciaram suas campanhas, dificultando-os a discutir questões de proteção ao ambiente, especial na América Latina.

Agora que a disputa segue apenas com o vice-presidente Biden e Donald Trump, é possível observar que ambos os candidatos levam caminhos extremamente diferentes quando se trata de aquecimento global e meio ambiente.

No primeiro debate presidencial, ocorrido ontem (29), o candidato pelo partido democrata afirmou que organizaria um fundo de $20 bilhões de dólares ‘para a floresta amazônica’.

No primeiro ano do governo Bolsonaro, incêndios na Amazônia cresceram em 30% em comparação ao ano anterior. A maior floresta tropical do mundo teve 89.178 focos de fogo em 2019.

Incêndios na Amazônia
Incêndios na Amazônia preocupa ativistas pelo meio ambiente no mundo todo. FOTO: Getty Images.

O presidente brasileiro, em diversos discursos, afirmou que os incêndios eram causados por ONGs e indígenas. No entanto, sistema da NASA confirmou que 54% do fogo na floresta advém do desmatamento da mata tropical.

De acordo com o Earth Innovation Institute, “mais financiamento certamente ajudaria o maior país da América latina a sustentar seus esforços notáveis ​​e caros para retardar o desmatamento na Amazônia. Entre 2006 e 2015, o Brasil manteve mais de 6 bilhões de toneladas de dióxido de carbono fora da atmosfera e nas árvores, e menos de 4% dessas reduções de emissões foram compensadas. O sucesso globalmente significativo do Brasil vem desmoronando, e o fracasso internacional em cumprir os compromissos anteriores de financiamento é parte do motivo para que isso aconteça”.

No debate, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não mencionou quaisquer mudanças de sua equipe para proteger o meio ambiente, tanto em escala mundial quanto regional (considerando os focos de fogo em estados como a Califórnia, por exemplo).

No ano passado, Trump retirou o país norte-americano do Acordo de Paris, criado em 2015 e cujo objetivo é diminuir as emissões de gás com efeito de estufa no mundo inteiro, controlando o aquecimento global. O presidente americano afirmou que o acordo só servia para punir a sua nação e enriquecer estrangeiros.

_________________________________________
Por Domitilla Mariotti – Redação Fala!

Tags mais acessadas