Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Jiu-Jitsu nas universidades

Jiu-Jitsu nas universidades

Por Heloíse Pires – Fala! FIAMFAAM

O Jiu-Jitsu é uma arte marcial originalmente japonesa que utiliza de golpes de alavancas, torções e pressões para levar o oponente ao chão e dominá-lo. Esta arte se popularizou no Brasil, por intermédio da família Gracie.

Visto no início como uma luta agressiva, poucos se interessavam em praticar Jiu-Jitsu, porém com a ajuda da família Gracie e suas academias, a prática desta luta se popularizou e hoje é mais percebida e praticada pela população brasileira.

O jiu-jitsu dentro das universidades

A prática esportiva sempre foi de grande importância, como apontam iniciativas isoladas de ONGs e outras entidades, que tendo mais investimento nesta área, tiraria ainda mais jovens das ruas. Junto a isso, números apontam a melhora do comportamento destes diante à escola, aumentando a frequência de presença, melhores notas e maiores chances de ascensão social.

O esporte nos ajuda, disciplina, gera autoconfiança, faz conhecermos nossos limites e ultrapassá-los de maneira positiva. Diante desta visão, muitas universidades passaram a aderir a prática de esportes dentro dos campus, gerando competições e treinamentos fortíssimos com pessoas mestres no assunto.

Um exemplo que pode ser destacado é o Jiu-Jitsu da Universidade Federal do ABC (UFABC), um projeto que completou 7 anos, em 2018, e possui cerca de 30 alunos. A atlética da universidade se reuniu e começou a procurar um professor para dar aulas da modalidade, e em 2011 o Jiu-Jitsu na UFABC nasceu com o objetivo de ser uma válvula de escape das tensões na vida acadêmica e social.

Muitos alunos passaram a praticar o esporte antes ou após as suas aulas. Pedro Henrique, que já praticava judô há algum tempo, começou a praticar Jiu-Jitsu e passou a treinar na sua faculdade. Devido a sua dedicação, destaque e conhecimento, em 2015 Pedro passou a ser o responsável pelas aulas a convite do professor anteriormente responsável.

A frente das aulas, Pedro passou a ver mais de perto o impacto do esporte na vida dos alunos. “Ao longo desses anos nos quais eu estou dando aula, já tivemos casos de alunos que deixaram de abandonar a faculdade por conta do Jiu-Jitsu, ou casos onde alunos alegaram que a prática do esporte ajudou na concentração, na perda de peso e consequentemente elevação da autoestima e até mesmo ajudou no alívio dos sintomas de depressão, afirma Pedro.

Vitor Borges, aluno de Pedro, afirma: O Jiu-Jitsu é a atividade que hoje eu não consigo me ver sem. Tanto pelos benefícios que trouxe para a minha saúde, quanto para a vida pessoal. Além das amizades que são formadas, os valores que são passados. É uma prática que espero levar para o resto da vida”.

Outro relato é o do aluno Kleberson Gustavo, que cursa engenharia aeroespacial e conta, emocionado Não consigo descrever a importância do Jiu-Jitsu para mim, é sério. Encontrei esta família no momento mais difícil da minha vida. Além de uma válvula de escape emocional”.

Diante destes relatos, podemos notar a forte importância do esporte na vida destes alunos. O esporte, seja ele qual for, conduz a um caminho positivo, acolhedor e que muitas vezes transforma vidas.

0 Comentários

Tags mais acessadas