Home / Colunas / Intolerância Religiosa: violência alimentada pela ignorância

Intolerância Religiosa: violência alimentada pela ignorância

Vinicius Sarcetta e Illan Lima – Fala!FIAMFAAM

O Brasil é composto por diversas religiões, entre elas: Católica, Espirita, Judaica, Islâmica, entre outras. Nosso país é grande no tamanha tanto quanto na miscigenação, seja na cultura ou na religião, mas ainda assim ocorrem casos de intolerância aqui. Segundo dados do IBGE (2010), as religiões no Brasil são formadas por 64,6% de católicos, 22,2% de evangélicos, 2% de espíritas, 0,3 de umbanda e candomblé e 2,7% outras religiões. Com toda esta diversidade, qual seria a explicação para tanta intolerância em um pais laico?

É dito que “a intolerância religiosa é a falta de capacidade em aceitar que o outro pratique a sua crença ou eventualmente que a pessoa tenha direito de não acreditar, causando violência na sociedade”. Essas ondas de intolerância no Brasil estão aumentando a cada ano. Dados do Ministério de Direitos Humanos informam que o Brasil tem uma denúncia de intolerância a cada 15 horas, afetando milhares de brasileiros que apenas querem seguir com a sua fé.

Leia Mais

Confira também:

Que diferença faz se Deus existe?

Confira também

Os piores lutadores da história do UFC

Muitos lutadores buscam a vida inteira disputar o UFC, por ser o maior campeonato de ...

Um comentário

  1. Giovanna Carvalho

    Respeitar as religiões é sinal de riqueza de alma!

Deixe uma resposta para Giovanna Carvalho Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *