Hospital Universitário presta homenagem a profissionais vítimas de covid-19
Menu & Busca
Hospital Universitário presta homenagem a profissionais vítimas de Covid-19

Hospital Universitário presta homenagem a profissionais vítimas de Covid-19

Home > Universidades > Hospital Universitário presta homenagem a profissionais vítimas de Covid-19

Hospital universitário presta homenagem a profissionais vítimas de Covid-19: Momento contou com apresentação dos músicos da Fundação Cultural de Curitiba

Vítimas Covid-19
Hospital universitário presta homenagem a profissionais vítimas de Covid-19. | Foto: Reprodução.

Hospital da Universidade Mackenzie presta homenagem a profissionais vítimas de Covid-19

A última terça-feira, 21 de julho, foi de muita emoção e reconhecimento para os colaboradores do Hospital Universitário Evangélico Mackenzie (HUEM), em Curitiba, no Paraná. A direção do Hospital e todos os profissionais prestaram uma bonita homenagem aos três trabalhadores que faleceram neste mês de julho, vítimas da Covid-19.

É muito difícil para todos que trabalham no Hospital saber que profissionais pereceram nesta luta, nós não gostaríamos de perder ninguém. Quero reforçar um apelo a toda a sociedade para que colaborem, pois cada um que se expõe aí fora é uma possível complicação a um colaborador da saúde.

ressaltou o diretor geral do HUEM, Dr. Rogério Kampa.

Angela Gonçalves, 46 anos, funcionária da Hotelaria; Sueli de Lima Padilha, 53 anos, técnica de enfermagem; e Paulo Sérgio Bernardino, 41 anos, técnico de Raio-X, foram os três funcionários do Hospital que não resistiram ao novo coronavírus.

Os familiares e colegas que não tiveram a oportunidade de se despedir, participaram da homenagem, que aconteceu em frente ao novo Pronto-Socorro do HUEM.

O Reverendo Hilário Batista da Silva Jr., capelão do Hospital, organizou a cerimônia e coordenou as orações dedicadas aos profissionais falecidos.

Além do reconhecimento pela coragem e dedicação destes profissionais, a homenagem também serve como incentivo aos trabalhadores de saúde que seguem na linha de frente, no dia a dia deste período tão delicado para toda a sociedade.

destacou ele.

Músicos da Fundação Cultural de Curitiba entoaram hinos e canções de homenagem. Os colaboradores que não puderam deixar seus postos de trabalho participaram acenando das janelas com lenços brancos.

Todos aqui estão imbuídos nesta luta, nossa missão é preservar a vida dos curitibanos, mas, infelizmente, no caminho, existem as perdas. Agradeço ao prefeito, Rafael Greca, à presidente da Fundação Cultural, Ana de Castro, e à Guarda Municipal pelo apoio que possibilitou a realização desta justa homenagem.

destacou Dr. Kampa.
Tags mais acessadas