Homofobia: Karol Eller sofre agressões físicas no Rio
Menu & Busca
Homofobia: Karol Eller sofre agressões físicas no Rio

Homofobia: Karol Eller sofre agressões físicas no Rio

home > Notícias > Urbano > Homofobia: Karol Eller sofre agressões físicas no Rio

No último domingo (15), a youtuber Karol Eller foi agredida fisicamente em um quiosque na Barra da Tijuca.

Conforme seus vídeos na plataforma, Karol, homossexual assumida, dizia-se não somente apoiadora de Bolsonaro como também amiga íntima do presidente.

Resultado de imagem para karol eller
Karol Eller sofre agressões físicas no Rio de Janeiro – foto: Reprodução

No entanto, a youtuber virou notícia ao sofrer agressões físicas após se mudar para o Rio de Janeiro. Enquanto ela e a namorada estavam em um quiosque, um homem abordou-a e a provocação logo se transformou em pontapés e socos.

Segundo a delegada Adriana Belém, titular da 16ª DP, foi um caso típico de homofobia.

Trata-se de um caso típico de homofobia, sem ligação com a militância da vítima. De acordo com os depoimentos, os agressores chamavam a Karol o tempo todo de sapatão e demonstravam claramente preconceito.

Adriana Belém sobre o caso da youtuber

Diante disso, o caso foi registrado como lesão corporal e injúria por preconceito na 16ª Delegacia de Polícia, na Barra da Tijuca.

De acordo com a policial civil Suellen Silva dos Santos, namorada de Karol, um dos suspeitos insinuou diversas vezes que a namorada era um homem e que ela, Suellen, era muito bonita para estar com Eller.

Mesmo depois do boletim de ocorrência ter sido feito por Karol Eller, o suspeito de tê-la agredido continuou afirmando que não se passava de uma calúnia da youtuber.

Não sou homofóbico, não aconteceu nada disso que ela está dizendo. Eu e minha família estamos sendo ameaçados na rua por uma mentira absurda que essa menina inventou.

Alexandre e o casal de amigos desmentiram as denúncias

0 Comentários

Tags mais acessadas