'Homem-Aranha: De Volta ao Lar': Leia a crítica do filme
Menu & Busca
‘Homem-Aranha: De Volta ao Lar’: Leia a crítica do filme

‘Homem-Aranha: De Volta ao Lar’: Leia a crítica do filme

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Homem-Aranha: De Volta ao Lar’: Leia a crítica do filme

Filme de 2017, Homem-Aranha: De Volta ao Lar, trouxe uma nova versão de um velho conhecido dos fãs

O Homem-Aranha é um dos personagens mais populares de todos os tempos. Não é à toa que ganhou duas versões diferentes no cinema, a primeira interpretada por Tobey Maguire e a segunda por Andrew Garfield. Mas, em 2017, uma nova versão do Teioso era necessária e, para isso, Tom Holland foi chamado para a missão.

Homem Aranha: De Volta ao Lar (dirigido por Jon Watts) tinha a responsabilidade de introduzir um já conhecido personagem a um universo muito maior do que o de costume. E isso é algo que o longa tira de letra.

Tom Holland
Tom Holland como Homem-Aranha. | Foto: IGN Brasil.

Crítica do filme Homem-Aranha: De Volta ao Lar

O filme não mostra a história de origem do personagem, pois ela já é bastante conhecida pelo público, o que é uma ótima decisão, pois poupa os espectadores de ver algo que a maioria já viu, o que dá mais dinamismo à obra. Além de fugir um pouco da clássica ”jornada do herói”, pois, aqui, já temos um personagem estabelecido.

Outro ponto forte do filme é o seu humor (característico dos filmes da Marvel) que serve para dar uma quebra nos momentos mais tensos do filme, além de ter um timing quase impecável.

Tom Holland entrega uma ótima atuação, equilibrando bem entre um personagem que quer crescer, mostrar todo o seu potencial e ficar livre das restrições impostas por Tony Stark (Robert Downey Jr.), – que, aqui, cumpre um papel de mentor para o protagonista – e que ao mesmo tempo é inexperiente e precipitado, sendo alguém que, de fato, precisa de certa supervisão.

O veterano Michael Keaton entrega um dos melhores vilões do Homem-Aranha já vistos no cinema: O Abutre/ Adrian Toomes. Aqui, o antagonista não representa apenas uma ameaça física, ele é alguém com boas motivações e um personagem muito bem desenvolvido, que rouba a cena sempre que dá as caras. Tudo isso se deve a um bom roteiro e a interpretação de Keaton.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar
Homem-Aranha: De Volta ao Lar. | Foto: IGN Brasil.

Por mais que o filme seja bom, ele não escapa de alguns deslizes, como velhos clichês do gênero (como, por exemplo, a lembrança de uma fala do mentor que o incentiva a fazer algo extraordinário, que parecia impossível anteriormente). Além de coisas que parecem quebrar algumas leis da física, que podem tirar o espectador da imersão ao filme.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar é divertido, dinâmico e que funciona muito bem dentro de um grande universo, ao mesmo tempo em que cumpre um ótimo papel dentro de um universo próprio, menor do que aquele que envolve os Vingadores e companhia, onde ele não é o Homem-Aranha que derrota vários vilões e salva o planeta, e sim, apenas o bom e velho Amigão da vizinhança.

___________________________
Por Victor Hugo Dos Santos – Fala! UFG

Tags mais acessadas