'Heathers' - Leia a crítica do filme dirigido por Michael Lehmann
Menu & Busca
‘Heathers’ – Leia a crítica do filme dirigido por Michael Lehmann

‘Heathers’ – Leia a crítica do filme dirigido por Michael Lehmann

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Heathers’ – Leia a crítica do filme dirigido por Michael Lehmann

Heathers (no Brasil nomeado de Atração Mortal) é um filme de 1988, dirigido por Michael Lehmann. A história se passa em Westerburg High School, em uma subúrbio americano, e conta a história da protagonista Veronica Sawyer (Wionna Ryder), que se junta ao grupo das patricinhas que comandam a escola, as Heathers.

Heather Chandler (Kim Walker) governa a escola com mãos de ferro, junto de Heather McNamara (Lisanne Falk) e Heather Duke (Shannen Doherty), Veronica que se juntou ao grupo não aprova o modo como elas agem, mas algo só começa a mudar, de fato, quando ela se envolve com Jason Dean “JD” (Christian Slater), que é um aluno novo na escola.

Michael Lehmann nasceu em São Francisco, na Califórnia. Ele se formou na Universidade Columbia e de lá começou a trabalhar na companhia de cinema de Francis Coppola, American Zoetrop, atuando na recepção.

Em 1985, ele graduou em cinema na Universidade Carolina do Sul e, quando estudante, produziu um filme chamado Beaver Gets a Boner. Sua estreia no cinema foi com Heathers, em 1988, ele dirigiu outros filmes depois e alguns episódios de séries da HBO (True Blood e Big Love).

Heathers
Leia a crítica do filme Heathers, dirigido por Michael Lehmann. | Foto: Reprodução.

Crítica do filme Heathers

Heathers não foi um grande sucesso no cinema, mas se tornou um filme cult, que, depois, deu origem a um musical Off-Broadway de mesmo nome e uma série que foi um fiasco. O filme trata de temas como violência escolar, bullying, suicídio e mesmo estupro.

Apesar de o longa-metragem já ter pouco mais de trinta anos desde seu lançamento, os temas ainda são atuais, principalmente em escolas no Estados Unidos, em que ainda acontecem casos de tiroteios.

Humor negro é o que tece as críticas durante a narrativa, jovens sendo insensíveis e falando para os colegas se matarem, já que estão deprimidos depois de perder os amigos e sua vida mudar. Professores e diretores que se importam mais com a atenção dada pela mídia para a escola do que para o fato de que alunos então morrendo. 

O filme tem um tom sombrio, cruel e verdadeiro, sem ser explícito ao mostrar a violência, as tentativas de suicídio e a própria crueldade dos adolescentes da época e que ainda acontece. Ninguém sai impune.

Todos são cruéis em algum momento. As Heathers ao dominar a escola, Veronica ao ajudar JD com as mortes e a forjar as situações, e JD é o principal, desestabilizado e com muitos problemas, ele usa o seu amor por Ronie para justificar cada atitude errada, incluindo tentar explodir a escola. 

É um filme excelente, faz você refletir, mas também dar boas risadas. Por não tem cenas explícitas, ajuda aqueles que tem gatilho e é fácil de ser digerido. E para aqueles que preferem musicais, o musical é fácil de ser achado na internet, ele é muito parecido com o filme, a diferença são as músicas excelentes e os atores.

______________________________
Por Isabela Bumerad – Fala! Mack

Tags mais acessadas