Home / Universidades / Anhembi / GRIFO Realiza Ação Social no Capão Redondo

GRIFO Realiza Ação Social no Capão Redondo

Ontem, no dia 12 de outubro (dia de nossa senhora aparecida, mas também dia das crianças), a GRIFO fez uma ação social em uma creche no capão redondo – a Canto de Luz, que é uma instituição de crianças carentes.

capa
Foto: Mitty Yashima.

 

Nessa ação, contaram com a presença do pessoal da bateria, das cheers, os membros da atlética, e claro, dos próprios atletas.

Algumas voluntárias do curso de gastronomia da Anhembi fizeram um almoço com todas as doações que foram coletadas durante este mês, e claro que não podia faltar a bateria pra tocar e animar a criançada.

img_0415
Foto: Mitty Yashima.

 

Além do almoço delicioso que foi servido, as crianças ganharam um saco com guloseimas.

Mas para poder alertar sobre a saúde bucal, também rolou uma pequena aulinha com algumas dentistas sobre a higiene dos dentes.

img_0392
Foto: Mitty Yashima.

 

Essa ação social é importante, e mostra que uma entidade acadêmica, como as atléticas, não pensam só em festas – elas também se preocupam com o bem estar do próximo, e com algumas ações elas podem mudar o dia daqueles que estão na margem da sociedade.

img_0397
Foto: Mitty Yashima.

 

Confira o depoimento de quem participou da ação:

“A melhor coisa desse dia das crianças foi poder estar lá, dando um pouco do nosso amor e saber que fizemos toda diferença para eles” – Juliana Rezende (DM das Cheers).

img_9946
Foto: Mitty Yashima.

“A atlética sempre teve essa ideia de realmente fazer algum projeto social, mas ela só saiu do papel no dia das crianças de 2015, e a partir daí tivemos a felicidade de repetir na mesma data em 2016. É muito gostoso poder proporcionar sorrisos pra essa criançada, assim como eles também proporcionam esses momentos pra gente. Voltamos bem cansados, mas ainda mais felizes, leves e com uma sensação indescritível.” – Pedro Sanches (Atlética).

img_9893
Foto: Mitty Yashima.

“Esse foi o segundo ano que a GRIFO desenvolveu uma ação social com crianças, e foi a primeira vez em que participei. Tive uma experiência incrível, ver a alegria de cada uma das crianças, cada sorriso e abraço, cada vez que uma delas me chamava de ‘tia’ com tanto carinho.

Foi demais poder tocar com a Pegada, especialmente para elas, com os olhinhos que brilhavam. O melhor de tudo foi após a apresentação, as crianças empolgadas dizendo “tia, me ensina?” – nessa hora meu coração encheu de amor. Eu só posso agradecer a GRIFO por proporcionar esse momento a nós e a essas crianças, saÍ do instituto querendo fazer isso mais vezes e com a energia renovada. Eu amo crianças e não tem nada que pague aqueles sorrisos.” – Flávia Portilho (Bateria).

img_0388
Foto: Mitty Yashima.

 

img_9987
Foto: Mitty Yashima.

 

img_9923
Foto: Mitty Yashima.

 

 

Por: Mitty Yashima – Fala! Anhembi

Confira também

Quem narra, manipula – seja com a caneta, seja com a câmera

Por Lígia de Castro – JornalismoJr ECA-USP     Um personagem anda por uma rua. A ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *