Grécia: incêndio provoca pavor em refugiados na ilha de Lesbos
Menu & Busca
Grécia: incêndio provoca pavor em refugiados na ilha de Lesbos

Grécia: incêndio provoca pavor em refugiados na ilha de Lesbos

Home > Notícias > Grécia: incêndio provoca pavor em refugiados na ilha de Lesbos

Nesta madrugada de quarta-feira (9), foram registrados incêndios na ilha de Lesbos, na Grécia, principalmente no campo dos migrantes de Moria.

Tal localidade sustenta mais de 12.000 pessoas, o quádruplo do número estipulado para o campo. Além da superlotação, o território ainda sofre com a falta de higienização e recursos para os migrantes, fatores esses que são levantados pelos órgãos em proteção aos direitos humanos desses refugiados.

O incêndio provocou a destruição do campo de Moria, com mais de 3000 barracas em cinzas, milhares de contêineres e a clínica médica destruídos, o território se encontra em estado de emergência, segundo o jornal Lesvospost.

ilha de Lesbos
Campo de migrantes de Moria, na Grécia, sofre com incêndio. | Foto: @th_voulgarakis, via Twitter.

Além disso, 35 residentes do local testaram positivos para o novo coronavírus. O campo dos refugiados estavam em quarentena quando a triste ocorrência incendiou o lugar, fazendo, assim, a situação se agravar no momento em que essas pessoas fugiram e se misturaram aos outros migrantes.

Um policial de Lesbos afirmou para o jornal AFP que “com o incêndio, todos se dispersaram e os casos positivos se misturaram com os outros”.

Somado a tal relato, os bombeiros também confirmaram que não houve mortes, apenas alguns feridos. Contudo, destacaram que os moradores do campo foram um dos obstáculos para tentar conter as chamas, pois alguns migrantes não quiseram a entrada desses profissionais no território.

Incêndio registrado na ilha de Lesbos no campo de Moria. | Fonte: Twitter.

Diante das informações da agência de notícias ANA, conforme o jornal AFP, o incêndio foi causado por conta de uma revolta por parte de alguns dos refugiados que solicitaram o asilo por testarem positivo para o coronavírus.

O porta-voz do governo grego anunciou que “a ilha de Lesbos está declarada em estado de emergência”, segundo o jornal AFP. Somado a isso, o porta-voz afirmou que haverá ainda nesta quarta-feira uma reunião entre o primeiro-ministro e o comandante do Estado-Maior.

Agência de notícias ANA com imagem do incêndio no campo de Moria. / Fonte: Twitter.

Conforme o jornal EuroNews, a ilha de Lesbos foi um dos pontos de passagem para os refugiados da Europa entre 2015 e 2016, ocasionado principalmente pela fuga da guerra na Síria e no Iraque, marcando a migração ilegal desses residentes no campo de Moria.  

_______________________
Por Amanda Marques – Redação Fala!

Tags mais acessadas