GP de Abu Dhabi: a última corrida da temporada
Menu & Busca
GP de Abu Dhabi: a última corrida da temporada

GP de Abu Dhabi: a última corrida da temporada

Home > Notícias > Esporte > GP de Abu Dhabi: a última corrida da temporada

Na manhã de ontem, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, aconteceu a última etapa da temporada de 2020 da Fórmula 1. Em um ano completamente atípico, no qual quase não tivemos a melhor categoria do automobilismo por conta pandemia, ela aconteceu e foi uma das melhores dos últimos tempos, mesmo com o domínio de Hamilton e da Mercedes.

Na corrida de ontem, Max Verstappen liderou de ponta a ponta após conseguir sua primeira pole position no ano e fechou com chave de ouro esta grande temporada.

Verstappen
Max Verstappen, o vencedor da prova. | Foto: ge.

Lewis Hamilton, que não correu a última prova no Bahrein por ter testado positivo para a Covid-19, voltou para o grid neste fim de semana, e ‘empurrou’ George Russell de volta para o seu assento na Williams. Na Haas, Romain Grosjean não pôde fazer sua última corrida na Fórmula 1 por ainda estar se recuperando do grave acidente que sofreu, portanto, Pietro Fittipaldi foi novamente seu substituto e recebeu uma nova grande oportunidade.

Nos treinos livres, Verstappen e Bottas foram dominantes, enquanto Hamilton parecia um pouco baleado devido ao fato de a Covid ter afetado bastante o seu corpo. No treino classificatório, foram três mudanças de liderança no Q3 com o cronômetro zerado, que acabou ficando com o holandês da Red Bull, Max Verstappen, que conquistou sua primeira pole no ano, justamente na última corrida.

Valtteri Bottas se classificou em 2º e Lewis Hamilton apenas em 3º. A briga pelo terceiro lugar no Campeonato de Construtores entre McLaren, Racing Point e Renault ficou para a última prova, e quem se deu bem na classificação foram os carros Laranja Papaia, que largariam em 4º com Lando Norris e 6º com Carlos Sainz.

GP de Abu Dhabi

No domingo, as luzes se apagaram pela última vez em 2020, e como de costume, não foi uma largada das mais emocionantes em Abu Dhabi. Sem nenhum acidente na primeira volta e nenhuma grande ultrapassagem, o grid se manteve praticamente na mesma ordem, com apenas algumas ultrapassagens pontuais na parte de trás do pelotão, como em uma sequência entre os franceses Pierre Gasly e Esteban Ocon, por boa parte do início da corrida.

GP de Abu Dhabi
A largada da corrida. | Foto: ge.

Na sexta volta, uma bela disputa pelo 4º lugar entre Lando Norris, da McLaren, e Alex Albon, da Red Bull. Foram algumas trocas de posição nas zonas de DRS da pista, mas o tailandês levou vantagem e saiu da disputa com a quarta posição.

Na décima volta, um momento crucial na disputa pelo terceiro lugar nos Construtores. Sergio Perez, que ganhou a corrida anterior e ainda não tem assento para o ano que vem, largou de 19º por ter que trocar o motor de seu carro e acabou punido. Por incrível que pareça, mesmo após trocar as peças da sua Racing Point, teve um problema mecânico e acabou abandonando, abrindo caminho para a McLaren buscar o P3.

O abandono de Perez inicialmente acionou o Virtual Safety Car, mas que acabou trazendo o carro de segurança para a pista logo na sequência. Algumas equipes, como a Mercedes, Red Bull e McLaren, pararam no boxes, enquanto outras como Renault e Ferrari optaram por seguir na pista. Na relargada lançada após a saída do Safety Car, novamente não tivemos muita emoção, mas quem se destacou foi Carlos Sainz, ao realizar boas manobras para ultrapassar seu futuro companheiro de equipe na Ferrari, Charles Leclerc.

fórmula 1
A ultrapassagem de Sainz em Leclerc. | Foto: F1.

Até o final da corrida, não aconteceu muito mais coisas. Os quatro primeiros mantiveram suas posições e, no pelotão intermediário, aqueles que ainda não tinham parado foram para os boxes e as posições originais foram retomadas.

Pela primeira vez desde o GP dos 70 Anos da F1 em Silverstone, Max Verstappen foi o primeiro a cruzar a linha de chegada em um fim de semana perfeito para o holandês. Bottas, em segundo, e Hamilton, em terceiro, fecharam o pódio em Abu Dhabi.

Na disputa pelo terceiro lugar nos Construtores e uma grande quantia de dinheiro a mais, após um grande fim de semana nos Emirados Árabes, a McLaren conquistou o P3 após terminar em 5º e 6º na última corrida da divertida dupla Lando Norris e Carlos Sainz, pois na próxima temporada o espanhol será piloto Ferrari. Pietro Fittipaldi fazia uma boa corrida e estava à frente de Magnussen, mas acabou precisando fazer mais uma parada e terminou na última posição.

pódio GP de Abu Dhabi
O pódio em Abu Dhabi. | Foto: ge.

Foi desta maneira que se encerrou um grande ano para a categoria. Alguns encerram sua passagem na Fórmula 1, como é o caso de Kevin Magnussen e Romain Grosjean, outros mudarão de equipe na próxima temporada.

Ainda restam duas vagas em aberto (uma na Red Bull e outra na AlphaTauri) e ainda não se sabe o que vai acontecer; ‘Checo Perez’ fez um grande ano, mas ainda tem seu futuro indefinido. Jovens pilotos entrarão no próximo ano, como o filho de Michael Schumacher, Mick Schumacher, e o polêmico Nikita Mazepin, ambos na Haas e Fernando Alonso estará de volta à Fórmula 1… são muitas novidades para a próxima temporada que começa já em março de 2021, e o apaixonado por velocidade já aguarda ansiosamente pelo próximo “Lights Out”, programado pra acontecer em Melbourne, na Austrália. Como de costume, e aos poucos, a normalidade vai sendo retomada após um ano atípico para a categoria.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

____________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC

Tags mais acessadas