Menu & Busca
Gol Delas: o Futebol Feminino em alta

Gol Delas: o Futebol Feminino em alta

Por Beatriz de Oliveira – Fala!

O clipe da música Camisa 10, de Diomedes Chinaski, lançado em junho deste ano, causa uma quebra de expectativa: ao usar planos fechados de itens que aludem ao futebol, o filme leva que o espectador a imaginar que o personagem em cena seja um garoto, dada a ainda presente visão do futebol como um esporte masculino. A presença de um mictório contribui ainda mais para essa idealização. E então, pouco antes da música iniciar, faz-se um movimento de câmera de baixo para cima, revelando a personagem feminina.

A obra se destacou pela carência de atenção que possui o futebol feminino. Doravante, esse cenário está mudando, e três fatos deste ano marcam isso. Os dois primeiros dizem respeito à mestra Marta. Ela foi eleita pela 6ª vez a melhor jogadora do mundo. E nesta segunda feira (10/12) teve novamente os pés gravados na calçada da fama do Maracanã. O terceiro fato é o anúncio de que haverá transmissão televisiva, ao vivo, de todos os jogos da Copa do Mundo feminina, que ocorre em junho de 2019. Outros fatores também contribuem para uma vitória no esporte, como é o caso de decisões tomadas pela Conmebol e CBF.


 

“Mesmo sem dinheiro eu faria por amor” (trecho da música citada acima) 

A afirmativa faz parte da vida da maioria das jogadoras, haja vista o ganho imensamente menor se comparado aos salários para os jogadores. Seus salários aqui no Brasil variam basicamente entre R$500,00 e R$3000,00.

“Sempre descalço sonhando com uniforme

Vou fazer o mundo todo conhecer meu nome”

O trecho explicita o sonho que permanece vivo, mesmo diante de tantas barreiras vivenciadas por elas no esporte.

“Camisola 10, primeira divisão

Chuteira nos pés, troféu em minhas mãos

Sou um campeão, sou um campeão”

O refrão reflete a vitória, o sucesso. Que ano que vem o Brasil possa assistir e comemorar vitória feminina. Vitória essa que não diz respeito somente a possibilidade de conquista de uma taça, mas trata-se da busca pelo reconhecimento. Isso porque elas sabem que já são campeãs, agora é hora desse País também saber.

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas