Futebol Americano - Alex Smith, a definição de superação
Menu & Busca
Futebol Americano – Alex Smith, a definição de superação

Futebol Americano – Alex Smith, a definição de superação

Home > Notícias > Esporte > Futebol Americano – Alex Smith, a definição de superação

Após quase perder a vida por uma lesão, o QB de Washington, Alex Smith, está de volta ao futebol americano 

Alex Smith
Alex Smith (direita) lançando uma bola nos treinos do Washington Football Team. | Foto: The Associated Press.

18 de novembro de 2018. Semana 11 da temporada regular da NFL. O até então Washington Redskins enfrentou o Houston Texans no FedEx Field, e algo terrivelmente assustador aconteceu no terceiro quarto daquele jogo. O Quarterback de Washington, Alex Smith, sofreu um sack de Kareem Jackson e acabou fraturando a tíbia e a fíbula da perna direita, dando início ao que seria uma verdadeira luta pela própria vida.

A terrível lesão sofrida pelo QB não apenas o colocou em possibilidades de nunca mais poder jogar futebol americano novamente, mas com riscos de perder a vida. Smith sofreu com infecções seríssimas e, ao todo, foram 17 cirurgias para reconstruir sua perna e dar-lhe a oportunidade de andar novamente. 

futebol amaericano
Alex após sua grave lesão. | Foto: Yahoo! Sports.

Alex Smith

Um exemplo de liderança, carisma e respeito dentro e fora dos campos, Alex Smith é também um exemplo de superação para qualquer um que conheça sua história. Escapou de perder a vida após complicações com a lesão, conseguiu se recuperar e não teve que amputar a perna, acreditou que poderia andar novamente e, nesta semana, todos tiveram uma grande surpresa.

Após quase dois anos de seu último jogo na NFL, o Quarterback de Washington foi liberado para voltar a treinar com seus companheiros, e comoveu toda a comunidade do esporte nas redes sociais. Um vídeo de seus filhos recebendo-o com chuva de champanhe para comemorar mais uma vitória na vida de Alex Smith, em que o atleta partia para o seu primeiro treino com sua equipe desde outubro de 2018.

O QB foi a primeira escolha geral do Draft de 2005, sendo selecionado pelo San Francisco 49ers, onde ficou até o ano de 2012. Do ano seguinte até 2017, comandou o ataque do Kansas City Chiefs. Apesar de nunca ter conquistado um título, Alex foi um ótimo jogador, muito preciso, consistente e capaz de conseguir território utilizando as próprias pernas, sempre muito querido e respeitado por onde passou.

Mentoria de Patrick Mahomes

Com uma mentalidade de grupo, sem vaidade, sempre pensando na equipe e em ajudar de todas as maneiras que lhe fossem possíveis. Um exemplo disso, é o seu último ano na equipe do Missouri, em que os Chiefs escolheram na 10ª escolha geral do Draft, o QB de Texas Tech, Patrick Mahomes. Dois anos depois, todos sabem o que Mahomes já se tornou, mas o que poucos sabem é que Alex Smith foi fundamental para o desenvolvimento do jovem em seu ano de calouro.

Com quase 35 anos, Alex sabia que não seria o futuro de Kansas City, então aproveitou para passar todos seus conhecimentos para o ainda muito jovem e cru Patrick Mahomes. Servindo como um verdadeiro mentor, Alex ajudou Mahomes a se preparar para ser o nome da franquia… e parece que deu certo! No ano seguinte, Smith foi para Washington e Patrick Mahomes tomou a liga de assalto.

Alex Smith e Patrick Mahomes
Alex Smith e Patrick Mahomes em partida do Kansas City Chiefs em 2018. | Foto: Deseret News.

Muito além de um grande jogador, trata-se de um grande ser humano. Um cara do bem, que busca fazer o bem para todos à sua volta e lutar pelo time, não poderia ser presenteado de maneira melhor. Nesta semana, Alex voltou a ser um jogador de futebol americano, e já está lançando bolas no Training Camp de Washington.

Não se sabe se Alex Smith terá condições de jogar, mas, com certeza, será uma grande adição para a equipe da capital americana, seja em campo ou fora dele, podendo servir mais uma vez como mentor para um jovem QB em Dwayne Haskins, com sua experiência e liderança. Mesmo sem ganhar, Alex é um vencedor nos gramados e na vida, um exemplo a ser seguido por qualquer pessoa, e a sua volta para o esporte, certamente coloca um sorriso no rosto de qualquer apaixonado pela bola oval.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

_____________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC

Tags mais acessadas