Menu & Busca
Conheça o Festival Path

Conheça o Festival Path


Por Danilo Lacalle – Fala!M.A.C.K.

300 palestras e 500 palestrantes. Parece insano, não é? E é! O Festival Path, maior evento deste tipo, no Brasil, ocorre todos os anos, desde 2013, a fim de inspirar e fazer o público pensar fora da caixa, sem nenhum clichê. Com diversidade, inovações e exalando cultura, o Festival Path traz à tona temas que estão em alta e são importantes para o convívio em sociedade, como feminismo, discussões de gênero em diversos âmbitos sociais, esporte, educação, LGBTQ+ na cultura, transformações e discussões sobre a cidade e política, ciência, moda e arte, além de muito empreendedorismo e relatos pessoais, por profissionais consolidados e suas áreas.

Realizado por O Panda Criativo, o Festival Path, que basicamente fecha o bairro de Pinheiros, com palestras até na Fnac e na Escola Britânica de Artes Criativas, além do Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, conta com shows em praça pública, diversos food trucks (e até food bikes!) em uma feira gastronômica, exibição de filmes, exposição de marcas inovadoras e um happy hour de tirar o fôlego, no terraço do Instituto. Com todo o trajeto de palestras no evento sendo feita a pé (ou de bicicletas que lembram os tuc tucs indianos), o ambiente se torna totalm14ente propício para conexões.

Como o Fala! não fica de fora, nós destacamos algumas das atrações do Festival Path, para que você sinta um pouco do que é o evento e veja o porquê ninguém vai querer perder por nada estes dias de brainstorm a fundo!

Palestras

Com mais de 300 palestras, sendo estas solo, painéis, bate-papos, debates e entrevistas, alguns dos destaques são:

Feminismo e LGBTQ+ na Cultura Pop: os participantes do painel formado pela cantora pop Geo., pela psicóloga e educadora social Mayra Ribeiro, pelo escritor LGBT Alexandre Rabelo e pelo blogger e jornalista Ali Prando pretendem se basear e revirar diversos videoclipes, letras de músicas e fatos biográficos e icônicos de artistas como Madonna, Beyoncé, Lady Gaga, Simone de Beauvoir, entre outras, pensando o que tem em comum e também em discordância com as filósofas feministas. Dia 20/5, das 13h15 às 14h15, no Ballroom 2;

10 tecnologias que você precisa conhecer: Alan leite, CEO da starup Farm, vai mostrar dez inovações tecnológicas, cada uma em dez minutos, criadas para inovar o mercado e melhorar a vida das pessoas. 20/05 – Escola Britânica de Artes Criativas.

Mi Casa, Su Casa: conheça o Movimento Coliving: a ideia de casas compartilhadas está atraindo muita gente, seja para economizar uma grana, conviver em grupo e trocar ideias. Falam neste painel Samuel Gonzales, co-fundador da empresa Comida Sustentável, Pedro Araujo Mendes, educador, consultor e facilitador de processos de grupos, e Ana Laura Macedo, criadora da Casoca, um co-living do Rio de Janeiro. Dia 20/5, das 9h30 às 10h30, no Ballroom 2;

Operando Bitcoin – Compra e Venda!: Este workshop idealizado por Fausto Vanin, profissional consolidado da Transformação Digital e da Inovação, procura abordar um dos temas mais atuais e ensinar na prática como operar com esta moeda virtual. Dia 20/5, das 14h30 às 16h30, na EBAC 7.

Não há temas proibidos –  Falemos sobre o aborto: Rebeca Mendes, mãe de duas crianças, estudante e trabalhadora, foi a primeira mulher a pedir ao STF o direito a um aborto livre e seguro por conta de uma gravidez indesejada. Nesta mesa, Rebeca conversa sobre este direito com Debora Diniz (antropóloga, pesquisadora na Anis – Instituto de Bioética), Maíra Liguori (diretora da ONG feminista Think Olga) e Jurema Werneck (formada em Medicina, é diretora executiva da Anistia Internacional Brasil).19/05 – 13h –  Ballroom 4.

Além das palestras, workshops e shows, serão realizados por todo o festival. Além da feira de startups e exposição de filmes, que, em parceria com a VICE, o Festival Path vai apresentar uma seleção de documentários latino-americanos de diversos temas. Estes acontecerão nos dias 19/5 e 20/5, das 20h às 23h, no Ballroom 3. A entrada desta exibição é gratuita.

 

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas