Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Fazer o bem sabendo pra quem

Fazer o bem sabendo pra quem

Os casperianos estão sempre se mobilizando por boas causas, seja alegrar crianças, divulgar trabalhos voluntários e até ajudar a procurar um lar para cãezinhos de rua. Cásper é assim, é amor. Mas nem todo mundo sabe o desafio pelo qual os alunos do primeiro ano de PP passaram. Eles foram incubidos de realizar o “Projeto Cidadão”, onde aplicariam seus conhecimentos para desenvolver campanhas a fim de resolver problemas de comunicação das ONG’s que lhes fossem propostas.

É importante ressaltar que antes esse projeto era destinado aos alunos do terceiro ano, então os primeiro-anistas ficaram um pouco receosos com tamanha responsabilidade, além do fato de este projeto abranger todas as disciplinas. Primeiro, eles elaboraram um relatório de pesquisa com o conteúdo relacionado e requisitado pelos professores de cada matéria envolvida. A segunda etapa, que eles ainda precisam enfrentar, a apresentação da campanha publicitária.

Poster.PP. COLETIVO FEMINISTAApesar da ansiedade, os alunos contam que todos conseguiram ajudar sua ONG de alguma forma. Quem nos conta um pouco da sua experiência é a aluna Claudia de Sa do 1ºPPC, que junto com seu grupo composto por outros 8 integrantes ajudaram o Coletivo Feminista Sexualidade e Saúde. As ONGs eram sorteadas, mas o grupo não teve sucesso no início, só na terceira tentativa foram bem sucedidos, o coletivo foi achado por uma das integrantes, Bruna Carolina dos Santos. Eles focaram na criação de um conceito de extrema importância: a sexualidade feminina. Pensando nisso, tiveram a ideia de fotografar objetos que lembrassem o órgão genital feminino, como mamão e mexerica. Em depoimento, Claudia diz, “esse projeto foi um grande aprendizado, tivemos que correr atrás de muita coisa, refazer cartazes, repensar ideias, tentar ao máximo agradar nosso cliente”.

Um outro grupo, do qual faz parte o aluno Fabio Vannuci, do 1º PPD, ajudou a Federação de Bandeirantes do Brasil, onde são ensinados valores e princípios para crianças e adolescentes se tornarem bons cidadãos. A identificação com tema foi de primeira, já que um dos integrantes do grupo tinha um irmão escoteiro, e o escotismo foi responsável pelo surgimento do movimento bandeirante. Para divulgar o trabalho da organização, relacionaram as crianças bandeirantes com super heróis. Segundo Fábio, a experiência foi bem produtiva, “aprendi uma parte da história do Brasil que não é contada nos livros”.

O legal desse projeto foi que os alunos puderam ter a vivência de um publicitário, além de ficar em pânico ao se deparar com problemas e ter de repensar propostas. Fora os contratempos, eles estão se saindo bem e sendo capacitados pra se tornarem mais do que grandes profissionais, seres humanos sensíveis aos problemas que a nossa sociedade enfrenta, oferecendo as soluções.

CRÉDITOS PARA FOTO: Dumont Comunicação

0 Comentários

Tags mais acessadas