'Expresso do Amanhã': Conheça a nova produção da Netflix
Menu & Busca
‘Expresso do Amanhã’: Conheça a nova produção da Netflix

‘Expresso do Amanhã’: Conheça a nova produção da Netflix

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Expresso do Amanhã’: Conheça a nova produção da Netflix

A série Expresso do Amanhã (em inglês, Snowpiercer) chegou à Netflix recentemente, no dia 25 de maio de 2020, e já rende comentários desde então. Com segunda temporada confirmada, tem em torno de 10 episódios disponíveis, com promessa de novas liberações toda semana, mantendo, assim, os níveis de estímulo ao público.

Baseado em um filme lançado em 2013 (também intitulado Expresso do Amanhã), que por sua vez foi inspirado nos quadrinhos de Le Transperceneiger, o show conta com o nome do famoso diretor coreano, Bong Joon-ho, em seus créditos. A série segue, curiosamente, o estilo do filme Parasita, que deu a Bong Joon-ho três prêmios no Oscar de 2020.

Expresso do Amanhã 2ª temporada
Série Expresso do Amanhã. | Foto: Reprodução.

Temática de Expresso do Amanhã

Com a mesma pegada de crítica social, ele questiona o funcionamento de uma sociedade que, na verdade, já encontra-se aos pedaços. Por isso, a trama acontece exclusivamente dentro de um trem, o Snowpiercer, uma vez que, teoricamente, nem seria mais possível existir vida na Terra. 

Em um primeiro momento super aquecido pelo egoísmo e pelo costume de excessos dos homens, o planeta tem seu núcleo congelado em uma falha tentativa de cientistas de salvá-lo, ou de, mais uma vez e, na verdade, nos salvar.

Torna-se, então, impossível sobreviver às baixas temperaturas terrenas, a menos que você possa financiar um ticket para a mais nova invenção de um homem cultuado por ter pensado à frente de seu tempo, o misterioso Sr. Wilford, responsável pela criação da locomotiva que “nunca para”. 

Da monetização da garantia à vida até a ordem mantida, a custos questionáveis, pelo imaginário de um líder, a trajetória no Snowpiercer revela que talvez os seres humanos não tenham aprendido muito com o colapso de seu antigo lar e sua clara manifestação de necessidade de mudança de hábitos e pensamentos. 

Cenários urgentes pedem então por medidas urgentes. Escolhas. Escolhas que são impostas a cada minuto da obra, tanto para aqueles que mediam a ordem do trem quanto para aqueles que não representam e, consequentemente, não importam tanto assim para eles.

Assim, o Expresso do Amanhã promete imersão em mais uma busca por entender a estrutura dos contratos sociais e a sua falsa liberdade de escolha.

Afinal, será que algum dia estivemos realmente no controle?

_______________________________
Por Luiza Menezes – Fala! UFF

Tags mais acessadas