Menu & Busca
Exposição Basquiat no CCBB

Exposição Basquiat no CCBB


Por Thiago Dias – Fala!Anhembi


O Ministério da Cultura e o Banco do Brasil patrocinam a exposição
Obras da coleção Mugrabi do artista neoimpressionista  afroamericano Jean-Michel Basquiat. A exposição faz um cenário sobre Nova York dos anos 1970 e 1980, quando a cidade estava em crise, se aproximando da falência. Drogas, incêndios e criminalidades faziam parte da vida do cidadão nova-iorquino daquela época.

No meio desse contexto, Jean-Michel Basquiat se inspirava na cidade e então esbanjava de sua criatividade, que não era pouca. Sua obra inclui recortes de livros de história, livros de ciências e até logotipos de propagandas daquela época. Grande parte dos seus desenhos foram produzidos quando estava em frente à TV. Foi um dos artistas mais importantes da segunda metade do século XX , classificado como neoimpressionista ao mesmo tempo em que estava imerso na cultura pop.

No fim dos anos 70, nas paredes de Lower Manhattan, tipografias assinadas por ele começaram a aparecer  com frequência – elas recebiam o nome de SAMO (em tradução livre, “a mesma merda de sempre”).  Os graffitis incluíam frases de protestos contra a cidade e até mesmo frases poéticas.

Basquiat era Afro-Americano em mundo de gente branca. Sua arte trouxe à tona a negritude. Ele mesmo já dizia, “O negro é o protagonista da maioria das minhas pinturas”. Morto aos 27, acabou fazendo parte do Clube dos 27 – termo que se refere à crença de que um alto número de artistas morreram aos 27 anos, frequentemente pelo uso excessivo de bebidas alcoólicas ou drogas, ou meios violentos como homicídio ou suicídio.

A Mostra também está disponível nas unidades CCBB do Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte, e vale muito a pena conferir. Em São Paulo, acontece das 09 às 21h, de quarta a segunda, no Centro – perto da Estação de metrô da Sé. Como já dizia Rockfeller, em seu discurso “Cultura e Corporações”: quando uma empresa investe em cultura, está beneficiando a si mesma.

Nós visitamos a galeria e tiramos algumas fotos, confira:

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas