Possíveis cortes de gastos em universidades privadas durante a pandemia
Menu & Busca
Estudantes cobram mensalidades menores das universidades durante a pandemia

Estudantes cobram mensalidades menores das universidades durante a pandemia

Home > Universidades > Estudantes cobram mensalidades menores das universidades durante a pandemia

A pandemia do novo coronavírus afetou a rotina de milhares de estudantes brasileiros. Devido à quarentena, feita para conter a disseminação do Covid-19, universitários de todo o país precisaram adequar seus estudos ao ensino remoto, fato que pode significar cortes de gastos para as instituições de Ensino Superior privado, como alegam estudantes que se organizaram para cobrar mensalidades mais baratas das suas faculdades.

Possíveis cortes de gastos em universidades durante a pandemia
Estudantes cobram mensalidades menores das universidades durante a pandemia.

Possíveis economias feitas por universidades privadas devido ao ensino remoto

Alunos de diversas universidades privadas se manifestaram contra o remanejo da mensalidade no segundo semestre de 2020 e da cobrança de taxa de rematrícula, alegando que, devido ao isolamento social e ao ensino online, as faculdades teriam tido cortes de gastos que só se faziam necessários durante o ensino presencial.

No entanto, quais possíveis economias as instituições de ensino superior privado podem estar tendo durante a pandemia do novo coronavírus?

O não funcionamento do campus pode significar a redução de despesas como energia, água, luz, serviços de telefonia e internet, suspensão de contratos de prestação de serviço de mão de obra terceirizada, entre outros cortes de gastos em decorrência do ensino remoto. Vale ressaltar que isso é apenas uma suposição feita pelos estudantes, com base no cenário atual.

Segundo os alunos que deram vida a iniciativa “Me Ajuda FMU”, projeto feito por alunos da FMU para obter a isenção de rematrícula no 2º semestre de 2020, a faculdade não apresentou nenhuma proposta de desconto durante o período de pandemia.

Por conta da crise de saúde, muitos estudantes de faculdades particulares e suas famílias perderam seus empregos, estágios ou tiveram drástica redução salarial, fato que impossibilita alguns alunos de continuarem seus estudos.

Alunos da Unip também se mobilizaram através de um abaixo-assinado para conseguirem 30% de desconto na mensalidade, além de fazerem um grupo no Facebook para discutirem a melhor forma de dialogar com a universidade para conseguir um desconto enquanto estiverem estudando remotamente.

Alguns estudantes da Fiam/Faam também se organizaram através de um grupo do Facebook, que visa unir alunos de universidades privadas com o objetivo de facilitar a troca de informações e possibilitar uma organização estudantil mais efetiva.

Cortes de gastos concretos feitos por Universidades durante a pandemia

Há uma semana, no dia 30 de junho, a Universidade Cruzeiro do Sul demitiu docentes, ação que indignou estudantes da instituição, conforme noticiado pelo Estadão. Professores de outras universidades, como a Uninove e a Universidade São Judas, também foram demitidos de seus empregos durante a pandemia.

O Estadão questionou a Universidade Cruzeiro do Sul sobre a demissão dos profissionais de ensino. Em comunicado, a faculdade respondeu que sofre com o aumento da falta de cumprimento da obrigação e evasão, que é resultado da pandemia no emprego e na renda de seus alunos e famílias. A faculdade também afirmou que o agravamento da crise econômica levou a instituição a adotar uma “adaptação de custos”.

De acordo com alunos, a Fiam/Faam abandonou o prédio Vila Mariana II. O campus sediava alguns cursos da instituição, fato que pode significar um corte de gastos expressivo para a universidade.

Um dia eu estava na aula no Black Board, e os professores mesmos tiveram que comunicar a gente que nosso prédio não existia mais e nós estávamos sendo transferidos para a liberdade. Tanto que, na rematrícula, quando a gente vai escolher o campus, não existe mais a opção do prédio original.

Disse Leonardo Babolin, aluno do curso de música da FIAM/FAAM
Tags mais acessadas