Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Ensino e mercado: a ESPM investe nos dois ao mesmo tempo

Ensino e mercado: a ESPM investe nos dois ao mesmo tempo

Para uma instituição de ensino superior manter-se relevante, é essencial que ela tenha reconhecimento da situação atual do mercado de trabalho. A ESPM é uma das universidades mais inovadoras e atualizadas do país, e é  identidade da faculdade a adoção de métodos de ensino que tragam a realidade para dentro da sala de aula.

O mercado atual traz reflexos da sociedade contemporânea, caracterizada pela flexibilidade e pela ideia de pensar fora da caixa. Conceitos como empreendedorismo e tecnologia são essenciais para compreender a atualidade recheada de startups e inovação. Um dos problemas das universidades é se manter atualizada quanto a essa realidade.

Ao compreender a necessidade de se atualizar, a ESPM adotou premissas básicas, como ter boa parte do corpo docente atuante no mercado. Flávio Azevedo, coordenador do curso de Tech, explica: “Percebemos que a única constante hoje em dia no mercado de trabalho é a mudança, e a ESPM, sempre pensando no futuro, prevê um ‘cardápio’ de disciplinas eletivas que trazem as necessidades pontuais do momento.”

Flávio também fala das técnicas da faculdade para trazer a realidade para dentro das salas de aula: “Há anos (a ESPM) vem desenvolvendo a aplicação nas aulas de metodologias ativas, colocando o aluno como protagonista do processo de ensino-aprendizagem. E isso faz com que ele aprenda a aprender, de uma forma significativa, preparando o aluno para a realidade e em um menor tempo possível.” Na ESPM existe, além disso, programas únicos para engajar o universitário, desde a Incubadora de Negócios, que oferece oportunidades para todos os alunos, e a Global Júnior, de Relações Internacionais, uma das várias entidades da ESPM que cria um espaço extracurricular de aplicação prática do conhecimento para estudantes de um curso específico.

A Incubadora, por exemplo, foi uma iniciativa da faculdade para os alunos “transformarem suas ideias em empresas lucrativas”. O espaço é aberto à ex – alunos e, periodicamente, à pessoas externas.  Flávio conta as vantagens de participar desse projeto: “A incubadora da ESPM proporciona a imersão no acesso da infraestrutura da escola e um networking poderoso dentro do seu ecossistema de empreendedorismo. E tudo isso faz com que a aceleração dos negócios aconteçam de uma forma exponencial e com solidez”. O programa conta com assessoria, mentoria, consultoria e parcerias, de forma que o envolvido possa engajar sua ideia no mercado.

E é com essa mentalidade de sempre andar junto com o mercado que a ESPM busca estar um passo à frente de muitas universidades. E enquanto existem faculdades pensando em investir em tecnologia e empreendedorismo, a ESPM já está com um prédio pronto: o do curso de Tech, inaugurado em Agosto do ano passado, projeto que recebeu um investimento de 16 milhões de reais para ser realizado. Ele é voltado para esse curso, mas também aberto para os outros que e ESPM oferece. Essa construção é uma viagem para o futuro, dando aos alunos a oportunidade de mergulhar na prática tecnológica desde o primeiro dia de faculdade.

O campus tem, desde um centro de desenvolvimento de empreendedorismo até uma sala de games, passando por auditórios, um coworking e uma sala própria para os alunos terem aula de games. São vários ambientes com uma identidade visual marcante, dando aos estudantes oportunidades inéditas de imersão e, mais uma vez, comprovando que o engajamento do universitário depende e é estimulado pelo engajamento da própria faculdade em se manter atualizada com o mercado de trabalho.

Flávio Azevedo conta sobre a construção do prédio de Tech e destaca como a ESPM se preocupa em investir na educação empreendedora: “Existem duas coisas que a ESPM busca, excelência e perenidade, a excelência de sempre em ser a melhor naquilo que faz e perenidade para que os futuros alunos sintam orgulho por ter estudado em uma das melhores escolas do mundo(…). A ESPM naturalmente se posiciona estrategicamente no mercado como uma escola com um ‘braço tecnológico’ que servirá como base de sustentação para o que todos chamam de revolução industrial 4.0.”

0 Comentários