Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Entenda por que devemos usar menos plástico

Entenda por que devemos usar menos plástico

Por Fernanda Ming- Fala!Anhembi

Quando o assunto é a preservação do meio ambiente, o consumo de plástico é um dos tópicos mais citados nas discussões, já que é um dos materiais mais utilizados no cotidiano humano e que mais prejudica o meio ambiente. O plástico é o conteúdo mais utilizado em embalagens e é a matéria prima de inúmeros produtos que fazem parte da vida humana, como brinquedos e utensílios domésticos.

Porque o plástico é prejudicial à natureza?

A degradação desse material demora cerca de 400 anos, principalmente por possuir alta resistência às bactérias e fungos. O plástico também é difícil de ser compactado, o que gera grande volume de lixo, dificultando a decomposição de outros materiais orgânicos. Quando descartado nos oceanos, o plástico se fragmenta e acaba sendo confundido com comida por muitas espécies de animais marinhos, prejudicando toda a cadeia alimentar.

No oceano, o plástico é um dos principais problemas a ser combatidos – por se transformar em micropartículas, o material é capaz de chegar a grandes profundidades e viajar quilômetros, podendo atingir uma enorme quantidade de animais, além de chegarem às reservas de água potável.

A produção do plástico através do petróleo também é um problema: o processo de extração e refinamento causa altos gastos de energia e água, libera gases prejudiciais na atmosfera e  produz resíduos sólidos de difícil tratamento, que causam frequentes vazamentos de petróleo no oceano.

Praia do Leblon (Foto: Fernanda Dantas)


Medidas adotadas:

A discussão em torno do uso de canudos plásticos foi uma abertura para conscientizar as pessoas em relação ao uso do material. Segundo pesquisa feita pela Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), na praia carioca de Copacabana 24,5% dos detritos coletados na areia eram feitos de plástico, e 3% do total eram canudos.

Alertas como esse mobilizaram discussões em redes sociais e atitudes práticas. Rio de Janeiro e Santos foram as primeiras cidades no Brasil a adotarem a lei que proíbe uso de canudos plásticos em comércios, podendo ser substituído pelo produto feito de papel reciclado ou biodegradável. Grandes redes alimentícias também anunciaram que irão tomar medidas para a redução do item: a Starbucks pretende banir o uso de canudos das lojas do mundo todo até 2020 e o McDonald’s anunciou substituição do produto de plástico pelo de papel nos restaurantes do Reino Unido e Irlanda. O acordo foi feito com o governo britânico, que planeja diminuir o uso de plástico e conta com a colaboração das indústrias do país.

Consumo consciente

Atualmente, já existem no mercado utensílios para o dia a dia com versões sustentáveis, como canudos de inox e fraldas biodegradáveis. Porém, por não ser a fabricação mais vantajosa, esses produtos ficam com preços mais altos. No momento, a principal preocupação é reduzir o uso de plástico de descarte rápido. Itens muito usados no cotidiano podem ser substituídos por produtos de outros materiais, que são menos prejudiciais ao meio ambiente e mais fáceis de serem reciclados, como papel e vidro.

Canudos, sacolas de compras, copos e pratos descartáveis são alguns produtos que possuem a versão em papel. Embalagens de papelão ou vidro também são uma opção sustentável. Além disso, existem diversos tipos de plásticos e nem todos estão aptos para reciclagem. É possível escolher, de acordo com as informações na embalagem, os que podem ser reutilizados. Diminuir a produção de lixo, evitar desperdício e fazer o descarte do plástico corretamente em coletas recicláveis também são atitudes que fazem a diferença no meio ambiente.

0 Comentários

Tags mais acessadas