Em chegada histórica, Hamilton garante a 3ª vitória da temporada
Menu & Busca
Em chegada histórica, Hamilton garante a 3ª vitória da temporada

Em chegada histórica, Hamilton garante a 3ª vitória da temporada

Home > Notícias > Esporte > Em chegada histórica, Hamilton garante a 3ª vitória da temporada

Além da vitória de Hamilton, o GP da Grã Bretanha foi marcado por disputas, acidentes e pneus estourando

Neste domingo (2), ocorreu a quarta corrida da temporada da Fórmula 1, no berço da categoria em Silverstone, Inglaterra. O piloto da casa e 6 vezes campeão mundial, Lewis Hamilton, se sagrou mais uma vez como o vencedor da prova, mas, dessa vez, foi com muita emoção.

Lewis Hamilton
Lewis Hamilton terminando a corrida com o pneu dianteiro esquerdo estourado. | Foto: F1 Official Site.

O fim de semana de corrida já começou fervendo, em que na quinta-feira, às vésperas do primeiro treino livre que ocorreria na sexta-feira, o piloto da Racing Point, Sergio Perez, foi diagnosticado com a Covid-19 e, assim, não poderia participar da corrida em Silverstone.

O universo da Fórmula 1 foi à loucura, pois a equipe sediada na própria Silverstone não tem um piloto reserva, gerando uma enorme dúvida em quem seria o piloto que substituiria “Checo” Perez.

Em questão de horas, Nico Hülkenberg, alemão que havia saído da categoria na temporada passada, foi chamado às pressas, fez o teste do coronavírus, o qual deu negativo, fez um assento junto de sua equipe (Nico é 11cm mais alto que Perez, diferença considerável se tratando dos acertos e do conforto de um carro de Fórmula 1), emprestou o macacão de Lance Stroll, e na manhã de sexta-feira, conseguiu entrar no paddock faltando 15 minutos para o treino começar.

Além da vitória de Hamilton, veja outras emoções dentro da pista

Com o fim de semana de GP começando com emoções fora da pista, não poderia faltar emoções também na pista. No treino classificatório de sábado, tivemos dobradinha da Mercedes (novamente), com Hamilton na pole, Bottas em segundo, e Max Verstappen em 3º.

Vale também destacar que Charles Leclerc conseguiu a 4ª colocação no grid de largada com um carro da Ferrari que vem fazendo uma péssima temporada, e o jovem sensação da McLaren, Lando Norris, ficou com a 5ª posição. Hulkenberg, mesmo com toda a confusão, largou em 12º, ou melhor, largaria.

No domingo, antes mesmo da formação do grid, Nico Hulkenberg teve um problema em seu carro. Uma falha na unidade de potência fez com que a sua Racing Point não conseguisse dar partida, e o piloto alemão, conhecido por muitos fãs como um dos mais azarados da história da F1, abandonou a corrida antes mesmo da largada.

As luzes se apagaram e os quatro primeiros colocados mantiveram suas posições, e as principais brigas se deram no meio do pelotão, em que Sainz e Ricciardo conseguiram fazer boas largadas. Logo nas primeiras voltas, um incidente envolvendo Alex Albon, da RBR, e Kevin Magnussen, da Haas, trouxe o Safety Car para a pista pela primeira vez. O tailandês tentou uma ultrapassagem arriscada e acabou tirando o dinamarquês da pista e também do restante da prova, o que acabou lhe rendendo uma punição de 5 segundos.

fórmula 1
A largada do GP da Grã Bretanha. | Foto: Globoesporte.com.

Algumas voltas depois, novamente o carro de segurança foi à pista, por conta de um acidente envolvendo o piloto da AlphaTauri, Daniil Kvyat. O russo acabou perdendo o controle de seu carro no segundo setor do circuito e bateu forte contra o muro de proteção. Em entrevista dada após o abandono da prova, Kvyat disse não saber a causa do acidente.

Decorrer da corrida

No decorrer da corrida, não tivemos tanta emoção, algumas batalhas interessantes no meio do pelotão, com grande destaque para as duas Renault, em que Daniel Ricciardo e Esteban Ocon fizeram uma grande corrida, o mesmo valendo para Sainz e Norris que ocupavam a 5ª e 6ª colocação. Mas o piloto que talvez tenha sido a grande surpresa do dia, foi o francês da AlphaTauri, Pierre Gasly, que escalou diversas posições e chamou a atenção do público ao fazer belas ultrapassagens em Lance Stroll e no tetracampeão mundial, Sebastian Vettel.

Se grande parte da corrida não proporcionou tantos momentos de arrepiar, as duas voltas finais foram completamente incendiárias. Na entrada da penúltima volta, o vice-líder da corrida, Valtteri Bottas, teve seu pneu dianteiro esquerdo estourado devido ao alto desgaste que a pista de Silverstone gerou, por exercer uma pressão aerodinâmica muito forte sobre os pneus.

Bottas teve que dar uma volta quase completa sem uma roda, e mudou completamente o clima da corrida. O finlandês perdeu muitas posições e o segundo lugar caiu no colo de Max Verstappen, que parou um pouco antes para colocar pneus novos visando conseguir a melhor volta da corrida e ganhar 1 ponto extra.

Entrando na última volta, o espanhol da McLaren, Carlos Sainz, que vinha fazendo uma excelente corrida e estava na 5ª colocação, também teve seu pneu dianteiro explodido, e acabou saindo da zona de pontuação. Nesse ponto, a corrida já estava um caos, até que os fãs do esporte tiveram uma pitada a mais de emoção.

O líder da prova, Lewis Hamilton, perdeu o pneu dianteiro esquerdo a poucas curvas do fim, o qual tinha uma boa vantagem para Max Verstappen, mas que iniciou uma verdadeira caça ao líder em busca da vitória. Hamilton conduziu a sua Mercedes até a linha de chegada com apenas três rodas, e viu Max terminar a apenas 5 segundos de distância, em uma das chegadas mais icônicas e emocionantes da história da categoria.

Final da corrida

O pódio foi formado por Lewis Hamilton em 1º, Max Verstappen em 2º e uma das surpresas do dia, Charles Leclerc, que conseguiu a 3ª posição com a sua Ferrari, que vem fazendo um péssimo trabalho nesta temporada. No campeonato de construtores, a Mercedes lidera com folga, seguida pela Red Bull em segundo e uma das gratas surpresas do ano até aqui, a McLaren em 3º.

Hamilton
O pódio formado por Hamilton, Verstappen e Leclerc. | Foto: Globoesporte.com.

No próximo fim de semana, já terá corrida novamente, e mais uma vez em Silverstone. O evento comemorará os 70 anos da Fórmula 1, e promete ser tão emocionante quanto o desse fim de semana, que, com certeza, terá uma maior preocupação das equipes quanto ao estado de seus pneus…

GP da Grã Bretanha
Classificação final do GP da Grã Bretanha. | Foto: F1 Official Site.

________________________________
Por Filipe Saochuk – Fala! PUC

Tags mais acessadas