Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Eleições e Política dentro da Universidade. A gente se Interessa?

Eleições e Política dentro da Universidade. A gente se Interessa?

Em época de eleições presidenciais, o que você espera do seu país, do seu estado, da sua cidade ou do seu bairro? A sociedade brasileira se depara, de 4 em 4 anos, com uma eleição presidencial que não a representa. São mais ou menos 32 partidos políticos que disputam o cargo, cada qual com a sua ideologia, seu marketing, parcerias e, claro, suas devidas propostas.

Assim como na organização política de um país, toda universidade também se depara com a semelhante situação, porém, em suas devidas proporções: o país elege o seu partido para representar a população, enquanto dentro da universidade, cada centro acadêmico elege a sua chapa para representar os alunos.

O centro acadêmico, como o próprio nome já diz, tem ou pelo menos deve ter como prioridade as questões acadêmicas, que englobam uma série de funções, como a luta pela qualidade de ensino da universidade em relação a reclamações ou exigências por parte do aluno, a representação e a voz do aluno dentro da instituição, o estímulo à comunicação e interação entre os estudantes, a aproximação entre o corpo discente (o aluno) e o corpo docente (os professores), entre tantas outras. O centro acadêmico, geralmente, possui 10 cargos em sua organização, com eleições anuais e serviço não remunerado.

Infelizmente, este assunto político não é algo muito discutido no meio acadêmico da maioria das universidades, e parece não fazer tanta diferença para a grande maioria dos estudantes. O que muitos alunos não sabem, ou pelo menos não fazem questão de saber, é que o centro acadêmico (ou diretório acadêmico) é, acima de tudo, o maior meio para atender às necessidades e carências de nós, estudantes, que querendo ou não já se depararam no mínimo uma vez com algum defeito, alguma insatisfação, ou até mesmo com a falta de comprometimento da universidade com seus devidos alunos, que esperam um ensino digno de uma faculdade pública ou privada.

Os alunos precisam refletir e discutir com maior frequência a respeito dos centros acadêmicos e suas devidas lideranças, que devem constituir e representar a expressão e a manifestação do estudante dentro da instituição, independente do seu curso, até porque, o estudante ainda ama sua universidade, preza pelo seu nome e se preocupa com o seu futuro.

Eu, que escrevi este texto, já tentei me envolver com o movimento estudantil, fiz parte de uma chapa e me envolvi com as ações da mesma. Infelizmente, não durei muito tempo, me desinteressei e preferi deixar aquela ideia de lado. Mas vale ressaltar que não é necessário fazer parte de uma chapa para mudar o cenário que você quer mudar dentro da sua universidade. Recomendo apenas conversar mais sobre o assunto, envolver mais a sua roda de amigos nesse contexto e, principalmente, votar na chapa que bate com as suas ideias. Use seu voto a seu favor.

Você se considera bem representado dentro da sua faculdade? Se a resposta é sim, aproveite. Mas se a resposta for não, você faz algo para mudar este quadro?

209202

Por: Marcelo Gasperin – Fala!Universidades

0 Comentários

Tags mais acessadas