Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
Educação no Youtube: Conheça Julia Jolie

Educação no Youtube: Conheça Julia Jolie

Gabriel Ferreira – Fala!MACK

 

Conheça a Julia Jolie: Ciência, Saúde Mental, Intercâmbio , Trabalho Voluntário, Bullying e  muito mais.

 

Julia Jolie , 27 anos –  Biomedicina

A jovem começou seu canal no Youtube porque gostaria de falar sobre educação, já que estava insatisfeita com o ensino  do Brasil. Em seguida, foi para os Estados Unidos e fez vídeo comparando a educação de ambos os  países e diferenças culturais, além produzir vídeos ensinando inglês.

 


Ciência sem Fronteiras

Ciência sem Fronteiras foi um programa do Governo Federal para formação acadêmica no exterior. Julia estudou na Universidade da Pensilvânia e contou ao Fala! sobre a situação atual do programa; “Uma pena que o Brasil está em uma situação que não podemos arcar com o alto custo do programa” e ela entrou em discussão de como que o programa deveria ter sido trabalhado: “Poderia ter sido mais voltado para alunos de pós graduação,  mestrado, porque falta maturidade para alguns alunos de graduação”

Social

Em seu canal, ela aborda ainda temas classificados como polêmicos ;Religião, politica e  assuntos de movimentos sociais.  

 

Feminismo

Em 2013, Julia fez um vídeo sobre feminismo e recebeu ofensas de alguns homens, mas afirma que isso não a afeta.

 

 China

Entre outros projetos, a Youtuber participou de um programa voluntário na China por meio de um Crowdfunding do qual recebeu apoio dos inscritos do canal. Lá realizou um trabalho voluntário com crianças, que em decorrência dos pais terem que ir trabalhar em outra cidade, acabam sendo abandonadas na cidade que nasceram (uma série de regras as impedem de ir junto com os pais). Dessa forma, ela desenvolveu o trabalho de manter as crianças ocupadas nas férias.

Bullying

Sobre o Bullying; “Bullying necessita da atenção dos adultos!!”

Em vídeo recente, Julia explica por meio de experiência pessoal, como os adultos são culpados em relação ao bullying entre as crianças.

“Muitos adultos incentivam o bullying entre as crianças” ; “Você tem que bater” ; “Você tem que zoar”

Ainda em relação a criação das crianças, Julia conta que é totalmente contra a agressão dos pais com os filhos, porque ela acredita que só gera ainda mais violência.

Saúde Mental

Para conversar sobre saúde mental, Julia Jolie respondeu algumas perguntas sobre Bipolaridade, Depressão e Ansiedade

F!:Como foi revelar aos inscritos sobre o seu diagnostico de Bipolaridade, Ansiedade e Depressão?

Julia: Tive muito medo, antes de expor essas coisas na internet, de ficar estigmatizada ou uma reação negativa. Então demorei meses para postar, mas quando publiquei, as reações foram positivas. As pessoas contaram que só buscaram ajuda médica, após assistirem aos meus vídeos. Foi ótimo para trazer visibilidade aos temas e para que outras pessoas não passem o mesmo que eu passei.


F!: Você acredita que essas doenças têm visibilidade?

Julia: É pouco ainda, até quando se busca no Youtube sobre o assunto, você vê alguns vídeos de médicos e o meu é um dos únicos disponíveisfalando sobre o tema. Não está permeado na mídia, ainda mais pela quantidade de pessoas que sofrem desses problema.

 

Tem muita gente que acha que é frescura…

 

         … “Doença de rico”…

Setembro Amarelo

Julia comenta que pretende produzir conteúdos referentes ao “Setembro Amarelo” com o intuito de ter maior visibilidade sobre o suicídio, do qual ela explica que tem uma das maiores taxas com o transtorno bipolar, entre todas as doenças mentais. “Realidade silenciosa”, afirma a Estudante de Biomedicina.

Quem quer fazer faz

Julia afirma ser uma mentira esse tipo de frase, ela conta ainda que a maioria das pessoas que tentam, dão sinais do que querem fazer.

Sobre comentários negativos: “São tão bobos que passam despercebido”, e classifica o canal dela como um ambiente saudável

Mudança de opinião também é algo que não abala a youtuber, que revela mudança de posição sobre alguns assuntos abordados em vídeos populares do seu canal.

A longo prazo, a profissional pretende fazer mais divulgação científica para o canal e continuar falando sobre saúde mental. Julia gostaria de atuar como professora em alguma universidade (“espero que a ciência não perca toda a verba até lá”)  e acredita no crescimento do conteúdo de Educação e Ciência no Youtube.

0 Comentários

Tags mais acessadas