Menu & Busca
Crítica: Um Lugar Silencioso

Crítica: Um Lugar Silencioso


Por Artur Ferreira – Fala!PUC

 Dirigido e estrelado por John Krasinski (sim, aquele mesmo de The Office), Um Lugar Silencioso é mais um desses filmes que surgem do nada. O espectador amante da sétima arte, antes de ver o trailer na internet, nem sabia da existência vindoura desse filme. Após receber o convite de um amigo que tinha amado o filme, decidi dar uma chance e não me arrependo nem um pouco.

 O filme de suspense/terror se passa em um mundo pós-apocalítico que não se sabe o que aconteceu, e o roteiro não fica se explicando sobre o que houve anteriormente como em muitos filmes do gênero – o espectador é jogado para essa nova realidade e é isso o que dá um “sabor” a mais para o filme, um mistério sem solução, e que não precisa ter.  Nesse mundo desolado, a humanidade parece estar quase que completamente extinta por monstros cegos que são atraídos pelo som, e a família Abbott parece ser um dos poucos sobreviventes desse apocalipse.
Leia Mais

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas