Corinthians e Palmeiras na final do Paulistão novamente após 2 anos
Menu & Busca
Corinthians e Palmeiras na final do Paulistão novamente após 2 anos

Corinthians e Palmeiras na final do Paulistão novamente após 2 anos

Home > Notícias > Esporte > Corinthians e Palmeiras na final do Paulistão novamente após 2 anos

Os dois maiores rivais do Estado de São Paulo se enfrentarão nesta final do Campeonato Paulista (Paulistão) após aquela disputa polêmica em 2018. O primeiro jogo acontecerá nesta quarta-feira (05), na Arena Corinthians, às 21:30, e o jogo decisivo será sábado (08), no Allianz Parque, às 16:30. Vamos relembrar como cada time chegou à final.

Trajetória dos times que chegaram à final do Paulistão

Corinthians

final do Paulistão
Imagem divulgada no Twitter oficial do Corinthians após vitória contra o Mirassol. | Foto: Reprodução Twitter.

O Corinthians chegou na grande final após eliminar o Mirassol na semifinal, com uma vitória simples por 1×0, com mais um gol de Éderson, que marcou no jogo contra o Oeste, que classificou o Timão para a fase eliminatória, e marcou também contra o RB Bragantino, nas quartas de final.

No primeiro tempo, o Corinthians dominou a posse de bola, com um total de 69%, mas, nas finalizações, ficou tudo igual, 3 para cada. Já no segundo tempo, principalmente após a expulsão “duvidosa” do meia Juninho, do time do interior, o domínio do Timão foi ainda maior. Até que o gol saiu aos 27 minutos, com um chute de fora da área do volante Éderson, após passe de Fágner, que chegou à sua sexta assistência na competição, sendo o melhor nesse quesito, com o dobro de passes para gol de Marcos Rocha, lateral do Palmeiras.

Corinthians
Éderson comemorando gol contra o RB Bragantino. | Foto: Rodrigo Coca/Corinthians.

Podemos dizer que houve uma “falha” do goleiro Kewin, do Mirassol, mas a bola veio muito rápida e Jô tampou a visão do arqueiro, porém, em posição legal.

No entanto, as polêmicas não pararam por aí. Durante o segundo tempo, tivemos dois lances duvidosos a favor da equipe do interior, dois possíveis pênaltis, que não foram assinalados nem pelo árbitro de campo, nem pelo VAR.

Assim, o Corinthians chega à sua quarta final seguida, tendo conquistado os outros três títulos, em cima de Ponte Preta, Palmeiras e São Paulo, nesta ordem. O time alvinegro tem a chance de se igualar ao Paulistano (1916–1919) como um dos únicos times tetracampeões seguidos do Paulistão.

Palmeiras

palmeiras
Imagem divulgada pelo Twitter oficial do Palmeiras após vitória contra a Ponte Preta. | Foto: Reprodução Palmeiras.

Já o Palmeiras, se classificou para a final após uma vitória por 1×0 contra a Ponte Preta, com gol da cria da base Patrick de Paula. Um jogo equilibrado em partes, mas com uma leve superioridade alviverde, que encerrou o primeiro tempo com 58% de posse de bola e 13 finalizações, contra apenas 7 da Macaca.

Já no segundo tempo, a Ponte Preta teve mais posse de bola, com 57%, mas, nas finalizações, o Palmeiras conseguiu 10, tendo três a mais que a equipe de Campinas. O gol de Patrick de Paula foi o primeiro como profissional, justamente em um jogo decisivo.

O melhor jogador em campo foi Gabriel Menino, segundo volante da equipe palmeirense, que é mais uma cria da base do time alviverde, o jogador ditou o ritmo da partida e controlou o meio campo, acertou mais de 91% dos passes e teve uma nota 7.9 no SofaScore, ficando atrás apenas de Weverton, goleiro do Palmeiras e da seleção brasileira.

paulistão
Patrick de Paula e Gabriel Menino em entrevista coletiva. | Foto: Thiago Ferri.

Quem ganhará o Paulistão?

O Palmeiras tem a vantagem de decidir em casa por conseguir uma campanha melhor durante a fase de grupos e as duas partidas eliminatórias. Mas a última vez que a final foi entre os dois maiores rivais teve exatamente o mesmo cenário. O Palmeiras perdeu o título decidindo em casa após uma vitória na Arena Corinthians.

E para você, torcedor, quem é o favorito para essa final? O Palmeiras da experiência de Luxemburgo ou o Corinthians da juventude de Tiago Nunes? Para ter essa resposta, acompanhem as partidas, tanto de quarta, às 21:30, quanto de sábado, às 16:30, nos canais do Grupo Globo, na Rede Globo, no SporTV e também no Premiere.

________________________________
Por Leonardo Pignatari – Fala! PUC

Tags mais acessadas