Copa Libertadores: os brasileiros que foram eliminados
Menu & Busca
Copa Libertadores: os brasileiros que foram eliminados

Copa Libertadores: os brasileiros que foram eliminados

Home > Notícias > Esporte > Copa Libertadores: os brasileiros que foram eliminados

Internacional, Flamengo e Athletico Paranaense não conseguiram avançar para as quartas de final da Copa Libertadores

Com a decisão na quarta-feira (09), foram confirmados os 3 brasileiros que foram eliminados nas oitavas de final da Libertadores. Como semana passada fiz o texto dos classificados, hoje sai dos outros três times.

Copa Libertadores: times brasileiros eliminados

Racing 1×1 Flamengo — jogo de ida

Libertadores
Bruno Henrique e Sigali em disputa de bola. | Foto: AFP.

A partida de ida entre Racing e Flamengo foi disputada no dia 24 de novembro, no Estádio Juan Domingo Peron, em Buenos Aires. E quem saiu na frente, aos 13 minutos, foi a equipe mandante, com um gol do meia-esquerda Héctor Fértoli, após cruzamento do lateral direito Fabricio Domínguez.

Mas, 2 minutos depois, Gabigol empatou o jogo para o Flamengo, após um cruzamento na medida de Bruno Henrique, o camisa marcou apenas seu segundo gol na competição. E mesmo com a expulsão de Thuler, aos 37 minutos, o time carioca conseguiu segurar o empate e precisava de apenas um empate sem gols para se classificar.

Flamengo 1(3)x(5)1 Racing — jogo de volta

Copa Libertadores
Lisandro López comemorando a classificação do Racing. | Foto: Instagram Racing.

A partida de volta entre Flamengo e Racing aconteceu no dia 1º de dezembro, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. E novamente quem saiu na frente foi a equipe argentina, com um gol do zagueiro Leonardo Sigali, aos 20 minutos da segunda etapa, após uma confusão na área flamenguista. Isso aconteceu dois minutos após a expulsão de Rodrigo Caio.

Mas, aos 48 minutos da segunda etapa, Willian Arão conseguiu empatar para o Flamengo, após escanteio cobrado por Diego. Nas cobranças dos pênaltis, o próprio Willian Arão desperdiçou e Fabrício Domínguez garantiu a classificação do Racing. “Ou você morre como herói, ou vive o suficiente para se tornar vilão”, essa frase fez todo sentido após o final.

Racing 2×2 Flamengo — Racing classificado nos pênaltis

Athletico Paranaense 1×1 River Plate — jogo de ida

Libertadores 2020
Disputa de bola entre jogadores. | Foto: Matheus Sebenello.

A partida de ida entre Athletico e River aconteceu também no dia 24 de novembro, na Arena da Baixada, em Curitiba. A equipe argentina tomou conta do primeiro tempo, teve 69% de posse de bola e 5 finalizações, enquanto o Furacão teve apenas uma.

E esse domínio continuou na segunda etapa, mas quem abriu o placar foi o CAP, com um gol de Bissoli, aos 12 minutos. E tudo caminhava bem para o Athletico ir para o jogo de volta com a vantagem no placar, mas, aos 45 minutos, após escanteio cobrado por Julian Álvarez, o zagueiro Paulo Díaz colocou a igualdade no placar.

River Plate 1×0 Athletico Paranaense — jogo de volta

Nicolás De La Cruz
Nicolás De La Cruz, autor do único gol na partida de volta. | Foto: Getty Images.

O jogo de volta entre River e Athletico foi realizado no dia 1º de dezembro, no Estádio Libertadores da América, em Buenos Aires. E assim como na primeira partida, a equipe argentina dominou do começo ao fim, principalmente na etapa final, quando o único gol da partida foi marcado, aos 39 minutos, De la Cruz desperdiçou o pênalti, porém o próprio camisa 11 marcou no rebote e garantiu a classificação do River Plate.

River Plate 2×1 Athletico Paranaense — placar agregado

Internacional 0x1 Boca Juniors — jogo de ida

Boca Juniors
Carlitos Tévez homenageando Maradona. | Foto: Reprodução.

Por conta da morte de Diego Maradona, a partida de ida entre Boca Juniors e Internacional aconteceu no dia 2 de dezembro, no Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre. E quem se deu melhor foi a equipe argentina, mas o gol saiu apenas no segundo tempo, aos 18 minutos, quando Carlitos Tévez superou Marcelo Lomba e colocou o Boca na frente.

Boca Juniors 0(5)x(4)1 Internacional — jogo de volta

Carlitos Tévez
Tévez e D’Alessandro. | Foto: Reprodução.

Já a partida de volta entre Boca Juniors e Internacional, aconteceu no dia 9 de dezembro, no Estádio Alberto Jose Armando, a famosa La Bombonera, em Buenos Aires. E quem se deu melhor no tempo regulamentar foi a equipe brasileira, com um gol contra do lateral esquerdo Frank Fabra, aos 3 minutos da segunda etapa.

Já nos pênaltis, Edwin Cardona perdeu para o Boca Juniors na segunda cobrança do time argentino, mas Rodrigo Lindoso, na 3ª cobrança, e Peglow, na 6ª cobrança, perderam para o Internacional. Com isso, o Boca avançou para as quartas de final.

Boca Juniors 1×1 Internacional — Boca Juniors classificado nos pênaltis

Esses foram os 3 brasileiros eliminados nas oitavas de final da Copa Libertadores, lembrando que 3 partidas de ida das quartas de final já foram disputadas. Olimpia 1×1 Palmeiras, Grêmio 1×1 Santos e River Plate 2×0 Nacional.

__________________________
Por Leonardo Pignatari – Fala! Esporte em Pauta

Tags mais acessadas