Conheça os 10 melhores filmes estrangeiros da história
Menu & Busca
Conheça os 10 melhores filmes estrangeiros da história

Conheça os 10 melhores filmes estrangeiros da história

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Conheça os 10 melhores filmes estrangeiros da história

O cinema trata de uma linguagem universal. Apesar de ser, majoritariamente, aclamado, os Estados Unidos não são o único país a produzirem obras cinematográficas de qualidade. Confira aqui os 10 melhores filmes “estrangeiros” (ou não-estadunidenses”) da história. 

Os 10 melhores filmes estrangeiros

1. Cinema Paradiso (1988) – Itália

Essa emocionante obra de Giuseppe Tornatore é uma das maiores declarações de amor ao cinema. Dirigido por Giuseppe Tornatore, conta a história de Toto (interpretado por Salvatore Cascio, Marco Leonardi e Jacques Perrin) que, durante sua vida, desenvolveu uma amizade com o projecionista Alfredo (Philippe Noiret), ao mesmo tempo em que se apaixonou pelo cinema.

Cinema Paradiso venceu o Oscar de ‘Melhor Filme Estrangeiro’ em 1990, além de uma BAFTA e um Globo de Ouro na mesma categoria.     

2. Parasita (2019) – Coréia do Sul

Dirigido por Bong Joon-Ho, Parasita fez a festa no Oscar de 2020. Indicado a um total de seis Óscares, conquistou quatro deles, sendo o primeiro filme estrangeiro a vencer na categoria de ‘Melhor Filme’. Além disso, conquistou a Palma de Ouro do Festival de Cannes.

Parasita narra a missão da família de Ki-taek (Song Kang-Ho) de se infiltrar na luxuosa vida de uma família rica.

3. Os Sete Samurais (1954) – Japão

Os Sete Samurais narra a aventura de sete guerreiros, que têm o objetivo de defender uma vila japonesa de um ataque de 40 bandidos. Juntos, os samurais ensinam os habitantes da vila a se defenderem sozinhos.

O filme, dirigido pelo grande Akira Kurosawa, conquistou o Leão de Prata do Festival de Veneza de 1954. 

4. Cidade de Deus (2002) – Brasil

Baseado em livro homônimo de Paulo Lins, esse filme narra a história da favela da Cidade de Deus, desde os anos 1970. Nessa trajetória, dois moradores, Buscapé (Alexandre Rodrigues) e Zé Pequeno ( Leandro Firmino) seguem rumos diferentes.

A obra de Fernando Meirelles foi indicada a quatro Óscares em 2004, mas não conquistou nenhum prêmio na noite. 

5. O Sétimo Selo (1957) – Suécia

Dirigido por Ingmar Bergman, O Sétimo Selo narra o retorno do cavaleiro Antonius Block (Max von Sydow) das cruzadas. Encontrando seu país devastado pela Peste Negra, disputa a sua vida em uma partida de xadrez com a própria Morte (Bengt Ekerot).

O filme conquistou o Prêmio Especial do Júri do Festival de Cannes de 1957.   

6. Metrópolis (1927) – Alemanha 

Apesar de mudo, esse filme tem muito o que falar. Essa ficção científica narra um futuro distópico, em que a cidade de Metrópolis, dividida entre miseráveis e ricos, tem seu sistema colocado à prova após o surgimento de uma história de amor.

É dirigido por Fritz Lang.     

7. Oito e Meio (1963) – Itália

Vencedor do Oscar de ‘Melhor Filme Estrangeiro’ em 1964, a obra de Federico Fellini narra as dificuldades passadas pelo diretor Guido Anselmi (interpretado por Marcelo Mastroianni) em distinguir o real do imaginário, enquanto se prepara para escrever seu próximo filme. 

8. A Regra do Jogo (1939) – França 

A obra, dirigida por Jean Renoir, narra o encontro entre ricos e pobres em uma mansão na França.       

 9. Andrei Rublev (1966) – Rússia

Esse filme de Andrei Tarkovski é uma biografia de Andrei Rublev, um famoso pintor russo.  

melhores filmes russos
Cena do filme Andrei Rublev. | Foto: Reprodução.

10. O Labirinto do Fauno (2006) – Espanha 

Dirigido por Guillermo Del Toro, O Labirinto do Fauno se passa em 1944. Quando Mercedes (Maribel Verdú) fica doente, ela e sua filha Ofélia (Ivana Baquero) se mudam para o posto de seu novo marido, um oficial do exército. Enquanto explora um labirinto, Ofélia encontra uma criatura, que a impõe três tarefas para a garota encontrar a imortalidade.

O filme venceu três Óscares na cerimônia de 2007.

___________________________
Por Victor Livi – Fala! Cásper

Tags mais acessadas