Conheça cinco filmes considerados clássicos do cinema alemão
Menu & Busca
Conheça cinco filmes considerados clássicos do cinema alemão

Conheça cinco filmes considerados clássicos do cinema alemão

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Conheça cinco filmes considerados clássicos do cinema alemão

Apesar de não ser muito explorado, o cinema alemão é extremamente importante para o desenvolvimento dessa arte.

Com a derrota na Primeira Guerra Mundial, o clima era de total devastação, tristeza e insegurança. Assim, diversas obras representavam esses sentimentos ao serem exibidas, tendo o terror, por exemplo, como principal gênero do cinema alemão.

Além disso, a ficção científica também foi bastante explorada. Confira 5 filmes clássicos do cinema alemão.   

Filmes clássicos alemães

1. Metropolis (1927)

Dirigido por Fritz Lang, o filme se passa na cidade fictícia de Metrópolis, onde a alta sociedade é dividida da baixa. Porém, uma história de amor surge, fazendo com que esse sistema de divisão seja colocado à prova. 

2. Nosferatu (1922)

Esse filme do diretor F. W. Murnau é baseado no Drácula de Bram Stoker, e conta a ida de Hutter, um corretor de imóveis, ao castelo do conde Graf Orlock (Max Schreck). Porém, descobre-se que o Conde é, na verdade, um vampiro. 

3. O Gabinete do Dr. Caligari (1920)

A obra do diretor Peter Wiene se passa em um pequeno vilarejo, onde o misterioso hipnotizador Dr. Caligari (Werner Krauss) chega acompanhado de Cesare (Conrad Veidt), um sonâmbulo que faz com que as previsões de Caligari se concretizem. 

4. M, O Vampiro de Dusseldorf (1931)

Também do diretor Fritz Lang, o filme narra a chegada do misterioso infanticida Hans Beckert à cidade alemã de Dusseldorf.

Enquanto a polícia não consegue capturar o assassino, um grupo de criminosos passa a exercer a missão. Quando Beckert é encontrado, um julgamento liderado pelos criminosos ocorre. 

5. A Última Gargalhada (1924) 

Nesse outro filme de F.W. Murnau, um idoso carregador de malas é obrigado a trocar de emprego devido à sua idade. Com isso, passa a sofrer uma crise de identidade. 

______________________________
Por Victor Livi – Fala! Cásper

Tags mais acessadas