Confira quais são as bibliotecas mais impressionantes do mundo
Menu & Busca
Confira quais são as bibliotecas mais impressionantes do mundo

Confira quais são as bibliotecas mais impressionantes do mundo

Home > Entretenimento > Cultura > Confira quais são as bibliotecas mais impressionantes do mundo

A primeira biblioteca do mundo foi erguida em Nínive, no atual Iraque, por volta do século 7 a. C.. Atualmente, podemos encontrar diversas ao redor do mundo e existem bibliotecas impressionantes que encantam principalmente os amantes de livros, historiadores e apaixonados por arquitetura.

Os atrativos vão desde construções deslumbrantes, com interiores grandes contendo decorações surpreendentes, como esculturas e obras, até os vastos acervos repletos de documentos históricos e importantes. 

Aqui, separamos algumas das bibliotecas mais impressionantes do mundo:

bibliotecas mais lindas do mundo
Conheça algumas das bibliotecas mais impressionantes do mundo. | Foto: Reprodução.

Bibliotecas mais impressionantes do mundo

Real Gabinete Português de Leitura (Rio de Janeiro, Brasil) 

Construído por imigrantes portugueses em 1837, mas somente em 1900 torna-se uma biblioteca pública. Em 2014, esteve na lista das 20 bibliotecas mais lindas do mundo, segundo a revista Time.

Possui o considerado o maior acervo de literatura lusófona fora de Portugal, contendo livros raros e diversos manuscritos.

A fachada é inspirada no Mosteiro dos Jerônimos, em Lisboa,  e o interior impressiona pela quantidade de obras, detalhes e pelo Salão de Leitura, que recebe luz natural.

Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos  (Washington, Estados Unidos)

Inaugurada em 1800, após John Adams assinar um ato que faria Washington a nova capital federal.

A biblioteca é divida em três edifícios e considerada a maior do mundo, com mais de 170 milhões de itens, desde livros, artigos, mapas, manuscritos, filmes, partituras e gravações de som.

Em sua coleção, está o rascunho da Declaração de Independência dos Estados Unidos e uma cópia da bíblia de Gutenberg. 

Biblioteca Central de Vancouver (Vancouver, Canadá) 

Estabelecida em 1995, sua arquitetura lembra um Coliseu moderno.

Possui um vasto acervo – com livros, revistas, músicas e vídeos – e conta com um espaço agradável para todos os visitantes. Já foi visitada por mais de 6,5 milhões de pessoas e é uma das 22 bibliotecas do sistema público da cidade.

Clementinum – Biblioteca Clementina (Praga, República Checa) 

Biblioteca construída em 1722 no estilo barroco, possui uma história vasta e já foi um colégio jesuíta.

Possui uma arquitetura impressionante e pinturas de Jan Hiebl. Abriga cerca de 20 mil exemplares de literatura e temas como medicina e teologia.

Biblioteca George Peabody (Baltimore, Estados Unidos) 

Construída no século XIX por iniciativa do escritor e empresário George Peabody, para que fosse de uso gratuito e acessível para todos.

O prédio de 1878 possui seis andares amplos e o teto em vidro faz com que o local seja preenchido por luz natural, tornando o local deslumbrante.

Abriga mais de 300.000 exemplares de diversos assuntos e épocas. Atualmente, faz parte da Universidade Johns Hopkins e sempre está entre as listas das bibliotecas mais bonitas ao redor do mundo.

Biblioteca Alexandrina (Alexandria, Egito)

Com séculos de história, a atual biblioteca foi construída em 2002 e conta com 11 níveis (sendo quatro subterrâneos).

O edifício abriga a maior coleção de livros da África e ainda cede espaço para museus, auditórios e até mesmo um planetário.

Chama a atenção por conta de sua fachada impressionante e detalhada em granito com caracteres dos alfabetos conhecidos hoje. 

Biblioteca Alexandrina
Biblioteca Alexandrina. | Foto: Reprodução.

Biblioteca Britânica (Londres, Reino Unido)

Fundada em 1973, a biblioteca Nacional do Reino Unido é uma das maiores do mundo, com cerca 170 milhões de itens de diversas origens e épocas, sendo cerca de 14 milhões de títulos.

Além do acervo, o edifício amplo e moderno contém esculturas e tesouros antigos. O local abriga manuscritos importantes, como as primeiras edições de livros de Shakespeare, documentos assinados por reis, rascunhos de Leonardo da Vinci e ainda cópias do documento de 1215 que limitou o poder dos monarcas da Inglaterra, a Magna Carta.  

Biblioteca Admont (Admont, Áustria)

Construída no estilo barroco em 1776, abriga cerca de 200 mil volumes e é considerada a maior biblioteca monástica.

O prédio impressiona principalmente por conta do teto com pinturas de Bartolomeo Altomonte, que mostram os estágios do conhecimento humano ao ponto mais alto da Revelação Divina.

Abriga manuscritos importantes, entre estes a Bíblia de Admont.

Biblioteca Trinity College (Dublin, Irlanda)

Fundada em 1712, a biblioteca fica na mais antiga universidade da Irlanda.

Abriga quase três milhões de volumes e cerca de 200 mil livros mais antigos existentes na biblioteca são guardados na chamada Long Room, uma extensa e impressionante sala de madeira escura.

Além de um belo edifício e uma vasta coleção, a biblioteca ainda guarda tesouros e manuscritos. 

Biblioteca Nacional da França (Paris, França)

Projetada de 1862 a 1868 por Henri Labrouste, o arquiteto da biblioteca de Sainte-Geneviève. O vasto edifício conta com luz natural e encanta com seus elegantes detalhes.

Conta com cerca de 36 milhões de itens, incluindo coleções que datam da Idade Média. 

Biblioteca Nacional Marciana (Veneza, Itália)

É uma das mais antigas na Itália, inaugurada em 1468.

Seu acervo, proveniente em sua maioria de doações e heranças, contém uma das mais ricas coleções de manuscritos do mundo, diversos mapas e obras.

Ocupa parte dos edifícios da praça de São Marcos na margem do Grande Canal de Veneza e atrai diversos visitantes. 

Biblioteca Bodleiana em Oxford (Oxford, Inglaterra)

Inaugurada em 1602, uma das mais antigas da Europa, é a principal biblioteca de pesquisa da Universidade de Oxford. O nome alude a Thomas Bodley, que doou diversos livros e inaugurou a construção.

Abriga um acervo com cerca de  11 milhões de títulos e é uma das bibliotecas encarregadas do depósito legal de obras publicadas em todo o Reino Unido. 

Biblioteca Nacional da Áustria (Viena, Áustria)

Fundada na Idade Média ao estilo barroco, é hoje uma das mais ricas bibliotecas da Áustria.

Contém diversos documentos históricos, mapas, atlas em papiro, escritos antigos e livros impressos a partir de 1.500.

O prédio e o interior impressionam por conta da rica decoração, que conta com estátuas de mármore. 

Biblioteca Nacional da Áustria
Biblioteca Nacional da Áustria. | Foto: Reprodução.

Biblioteca Pública de Stuttgart (Stuttgart, Alemanha) 

O edifício desenhado pelo arquiteto coreano Eun Young Yi e construído em 2011, abriga a encantadora biblioteca de características marcantes.

Possui cerca de um milhão de livros e mídia disponíveis para aluguel.

O prédio de nove andares impressiona por seu interior branco que o tornou um atrativo cultural na cidade.

Biblioteca Pública de Tianjin (Tianjin, China)

Construída em 2017 e apelidada de “The Eye”, faz parte do Centro Cultural Binhai.

A biblioteca chinesa impressiona por sua arquitetura moderna: são cinco andares com capacidade para um acervo de 1,2 milhão de livros. O destaque é a grande esfera ao centro da construção, que realmente lembra um olho. 

_____________________________
Por Karina Almeida – Fala! Cásper

Tags mais acessadas