Menu & Busca
Confira Como Foi a Brejada da Aguante – Hora do Descontrole!

Confira Como Foi a Brejada da Aguante – Hora do Descontrole!


No último sábado, 01/10, rolou a Brejada da Aguante, na quadra da X-9 Paulistana. Diferente da edição anterior, a quadra estava totalmente repaginada, agora com um novo palco e área para a bateria tocar.

capa

Além disso, o clima no dia do evento estava bem diferente do ano passado. Dessa vez, com a ajuda de 26 ventiladores instalados na quadra, a galera pode curtir a festa sem passar calor!

Com início marcado para às 13 horas, a animação da galera foi contagiante. Bixos, veteranos e não alunos estavam preparados para dançar, beber e se divertir muito.

O open era de breja e água, mas o bar oferecia o BOOM de askov flavors, catuaba e o amado vinho aguantino (qual será o segredo dele, hein?).

Para quem não sabe, a Brejada da Aguante não é uma festa organizada pela Atlética da Cásper (AAA Jesse Owens), e sim pela torcida blanquiroja casperiana. Para explicar um pouquinho do que é essa família aguantina, conversamos com o aluno do 1º ano de Rádio e TV, Sergio Carvalho, que contou para o Fala! o que o levou a entrar nessa torcida barra brava e como é essa paixão:

“O que me levou a entrar na Aguante foi só a extensão do amor que eu sinto pela Cásper. Eu já colo nos rolês de lá desde a brejada dos bixos de 2014, mas eu só entrei em 2016. A Cásper me conquistou forte, talvez pela galera ser receptiva e claramente demonstrar o afeto que todo mundo sente pela faculdade. Mas o nosso papel é apoiar o esporte casperiano, indo nos jogos e fazendo aquela festa gigantesca que a gente fez na arquibancada no JUCA.”

14593546_1101164293295933_380456006_n
Foto: Carlos Henrique Galante.

 

Este ano, durante a cervejada, podemos notar vários rostos novos nos bares e outros pontos de organização da festa. Conversamos com Maju Arruda Leite, bixete e nova integrante da Barra Brava Casperiana, que nos contou um pouco sobre como surgiu seu amor pela torcida e como foi a experiência de participar de uma festa da faculdade de uma outra maneira:

“Ajudar a organizar a Brejada da Aguante e trabalhar para que tudo acontecesse da melhor forma foi uma experiência incrível! Ano passado fui na Brejada ainda como protobixete e estar esse ano como Aguantina era o que eu mais queria! Foi gratificante todo o esforço e todo o trabalho em equipe que todo mundo da Aguante realizou pra que essa Brejada saísse da melhor forma! Ouvir todos os elogios depois do evento com certeza fez valer muito a pena toda a dedicação e esforço de todos os Aguantinos.”

14537036_10210617391820299_1624413206_o

E como de costume, a quadra era de pura integração! A galera da Anhembi, Metodista, Pucamp, Belas Artes e Mackenzie estavam lá para prestigiar a brejada.

14536894_10210617390100256_998419367_o

Kaliane Sakamoto, presidente da Fúria Cubana, torcida organizada da Bela Artes, falou sobre a integração Cásper e B.A: “EI! B.A, B.A…”

“Foi muito legal a brejada! Já tem um tempo que temos uma boa integração com o pessoal da aguante! Não foi a primeira festa que colei, mas como sempre me diverti muito!”

Além da vibração da bateria da Cásper, a brejada contou com um line-up sensacional: Mind Dimension, DJ Zeller, Grupo Sambacana, Bateria da Cásper, DJ Taty Camps e Zapperano MafiaSwag agitando ainda mais a quadra da X-9.

Também conversamos com a aluna do 3° ano de Jornalismo e veterana da Aguante Rojo, Marília Kazmierczak, que falou o que teve de diferente em relação a brejada do ano passado e qual foi o maior desafio:

“Esse ano eu participei da organização e ano passado só trabalhei no bar, então foi muito mais cansativo e ao mesmo tempo gratificante de ver tudo acontecer. Meu maior desafio foi conseguir conciliar meu tempo da faculdade com a organização, porque tem bastante coisa pra resolver, quadra pra visitar, telefonemas pra fazer e as duas últimas semanas de preparo aconteceram durante a semana de provas e entrega de trabalho, foi bem corrido!”

Que a Cásper sabe fazer ótimas festas todo mundo já sabe, mas depois desse último sábado a galera viu, mais do que nunca, que a nossa torcida continua sendo a melhor além das arquibancadas!

“Y soy Aguante sí señor…”

https://j.gifs.com/zm6Y0r.gif

 

 

Por: Ayumi Fumayama, Maiza Gondim e Marina Ruiz – Fala! Cásper

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas