Confira 5 curtas criados por universitários brasileiros
Menu & Busca
Confira 5 curtas criados por universitários brasileiros

Confira 5 curtas criados por universitários brasileiros

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Confira 5 curtas criados por universitários brasileiros

Os curtas inteligentes de graduandos e uma pergunta: E depois de formados?

Eles querem estar no cinema brasileiro seja dirigindo, fotografando, entrevistando; eles veem esperança, cultura, tem o desejo de mostrar aquilo que é ocultado ou pouco mostrado. Com o passar do tempo, vemos grandes quantidades de jovens em grupos, gravando ali, entrevistando aqui, um na câmera e o outro no microfone.

Os curtas vêm sendo cada vez mais como um pedido de ‘Abram os olhos’. Abrir os olhos para os que moram na rua, para a censura, para a política e principalmente do que está sendo feito do cinema brasileiro. Mas há uma problematização sobre o que vem sendo apresentado, muito desses problemas sendo criados pelo presidente da república, Jair Bolsonaro (sem partido), e os cortes de gastos, vêm sendo bastante discutidos, e com razão, por universitários e por quem já trabalha na área há algum tempo.

No site da Secretária da Cultura em Dados Abertos Disponíveis, com a última atualização anual sendo feita em dezembro de 2018, há disponível acesso as informações como: ‘Série Histórica Prêmio Estímulo ao Curta-Metragem’ ou ‘Série Histórica Formação Cultural’, entre outras informações. Com isso, pode-se já ter uma ideia da valorização desse trabalho e o quão é ou não importante. Trilhando esse caminho, universitários brasileiros mostram através de seus curta-metragem, muito do que seriam suas lutas e a realidades que eles encontram.

Contudo vamos à listinha básica de curtas criados por universitários.

curtas
Confira 5 curtas criados por universitários brasileiros. | Foto: Reprodução.

Curtas criados por universitários

Câmera, tá ok?

O curta dirigido por Nathalia Oliveira e com a produção de Antonio Victor e Henrique Guilherme, do coletivo Sangue No’Zoio, graduandos da FMU/FIAM-FAAM, mostra a situação do cinema brasileiro, a pouca valorização da cultura, investimentos e como isso mudou no nosso governo atual.

O curta bem produzido concorreu em festivais nacionais e internacionais como: Lift-Off SessionsFlickfair (Califórnia, online), Mostra Solar (Niterói) e ficou no TOP 50, de 200 selecionados para o festival International Inter University Short Film Festival (Bangladesh). E entre outros. Não há dúvidas sobre a vontade do coletivo de mostrar o seu trabalho e a realidade em alguns de seus curtas. Para saber mais: https://www.instagram.com/coletivosanguenozoio/?hl=pt-br

Sensitiva

Em uma conversa com André Ernesto, estudante da Anhembi Morumbi, ele esclareceu a ideia do curta Sensitiva: “No primeiro semestre, a gente teve aula de Linguagem Audiovisual com o professor Luiz Renato Pucci Jr. Ele passou algumas obras para escolhermos um conto e transformá-lo num curta”.  Esse conto é do autor do Luiz Fernando Veríssimo, do livro Comédias para se ler na escola.

A equipe que produziu o curta apenas mudou as críticas da essência do conto para questões atuais do governo. Uma cartada de mestre, não?!

Confira aqui: https://drive.google.com/folderview?id=12nYSJ0tgZWKkKLZfM-7-00BeVdy3SutK

Carta XVI

E temos um curta de terror psicológico, produzido por Flávia Conte. O Carta XVI conta a história de um ex-artista de circo que, por conta de sua de decadência, vive atormentado por seu passado.

O curta bem elaborado foi indicado em festivais como: Indie X FilmFest  (de Los Angeles) e Indie Short Fest ( de LA tbm), além de ter ganhado nos festivais Menção Honrosa por Best StudentDirector no Independent Shorts Awards (de Los Angeles) e 3º Melhor Curta-metragem Estudantil no Prague International Monthly Film Festival (de Praga).

Confira aqui: https://vimeo.com/448214524

TEREZA

Em um curso, o estudante de História da universidade Unifesp, Renan Figueiredo, juntamente com a diretora Grazielle Moura, produziu o curta TEREZA, que conta a história de uma senhora com demência senil, vive com um cuidador e adora cinema, mas, durante o curta, isso pode até ser um problema.

Confira: http://www.enoisnafita.com.br/curta/tereza/

Estereótipos da Rua Augusta

Por fim, que nunca ouviu falar sobre a rua Augusta? O curta bastante interessante, produzido pelo aluno de Rádio e TV da FAM, David Oliveira, e vale a pena conferir. Rua Augusta mostra um pouco do que muitos pensam sobre essa rua, e o que significa para uma delas.

Trouxe essa ideia para meu grupo de unir essas duas visões da rua Augusta, a gente pensou em tudo ali, nas cenas, até mesmo a música, foi tudo meio proposital porque a gente pensou em abraçar tudo da Augusta em um vídeo, toda diversidade.

Escreveu David.

E se você se interessou em assistir mais curtas como esses, no http://portacurtas.org.br/,  o principal site de curtas universitários do país, você pode acompanhar mais histórias mostradas por graduandos e formados.

__________________________
Por Bianca Rocha – Fala! FMU

Tags mais acessadas