Opinião: Como o comportamento de Karol Conká reflete a banalização de problemas sociais
Menu & Busca
Opinião: Como o comportamento de Karol Conká reflete a banalização de problemas sociais

Opinião: Como o comportamento de Karol Conká reflete a banalização de problemas sociais

Home > Entretenimento > Famosos e TV > Opinião: Como o comportamento de Karol Conká reflete a banalização de problemas sociais

Uma artista mulher, negra, feminista, ativista social, mãe solteira, rapper e cantora, na teoria, parece uma inspiração e exemplo de vida. De família humilde, Karol Conká era um grande nome na indústria, sendo uma influência positiva necessária. Mas, mostrando suas cores verdadeiras quando entrou no reality mais famosos do Brasil, seu comportamento deu muito o que falar.

Karol Conká
Opinião: Como o comportamento de Karol Conká reflete a banalização de problemas sociais. | Foto: Reprodução/TV Globo.

Impactos do comportamento de Karol Conká

O choque e ódio do público não foi pelas atitudes em si, e sim por quem as praticou. Infelizmente, tal comportamento não seria uma surpresa vindo um homem branco, por exemplo, mas jamais de uma mulher que sempre advogava por amor, aceitação, feminismo interseccional. Muito menos de uma cantora com milhões de fãs. Só bastava colocar uma câmera por 24 horas em sua frente para se mostrar abusiva, a ponto de torturar participantes da casa? Apesar de ter se desculpado, suas tentativas de perdão, além de não serem suficientes, apenas transformam situações deploráveis em pequenos erros, uns que qualquer um possa cometer.

Nos últimos anos, começou a se dar atenção e importância nos direitos humanos, tratando de raça, religião, gênero, e a tendência é continuar e intensificar. E um assunto muito popular no BBB21 foi a desconstrução dos comportamentos problemáticos, sejam eles machistas, homofóbicos, racistas e centenas de outros, a lista continua. É passada uma mensagem de possível mudança, como todos cometem erros. Mas essa não é a verdade. Não é normal, muito menos aceitável esse comportamento. Suas atitudes falhas repercutiram por uma razão, o mínimo a fazer agora é tomar responsabilidade, não lançar uma nova música para promover mudança, renovação e melhoria.

Como qualquer pessoa, Karol Conká não é perfeita. Entretanto, sua postura, durante e após o reality, apenas perpetua a normalização de comportamentos odiosos e abomináveis. Ela mostra a todos que é banal apresentar atitudes e falas machistas, xenofóbicas e abusivas, se você se desculpar. Não é assim que funciona. Ninguém pode apresentar tal conduta, ninguém.

Há milhões de pessoas ao redor do mundo que sofrem todos os dias por adversidades sociais, que foram foco de piadas e brincadeiras cometidas dentro do programa. Existe uma banalização de problemas reais, sérios, e o preço é a vida de milhões de humanos. É um reflexo na complexidade da sociedade atual, todos cometem erros, sim, mas isso não deve, de jeito nenhum, ser tratado de modo trivial. Que a conduta de Karol Conká seja o exemplo de o porquê problemas sociais carecem um olhar sério e profundo.

___________________________
Por Beatriz Kawai – Fala! Cásper

Tags mais acessadas