'Como Vender Drogas Online (Rápido)': Leia a crítica da série
Menu & Busca
‘Como Vender Drogas Online (Rápido)’: Leia a crítica da série

‘Como Vender Drogas Online (Rápido)’: Leia a crítica da série

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > ‘Como Vender Drogas Online (Rápido)’: Leia a crítica da série

A série de comédia alemã Como Vender Drogas Online (Rápido) conta a vida de Moritz Zimmermann, um típico nerd e aspirante a Steve Jobs, que mora em uma pequena cidade alemã. A história mostra como ele,  junto a seu melhor amigo, Lenny, criam um negócio de venda de drogas pela Internet para tentar reconquistar sua ex-namorada, Lisa.

Após voltar de um intercâmbio nos Estados Unidos, Lisa está totalmente mudada e pede um tempo no relacionamento. Zimmermann invade sua privacidade e, então, descobre que ela, além de mudada, está fazendo uso de substâncias como o MDMA (popular ecstasy). 

A série é perfeita para ser maratonada em um final de semana, já que conta com 6 episódios curtos, de aproximadamente 30 minutos cada. Além disso, é uma grande sala de aula, explicando de forma ilustrativa tanto sobre os efeitos das drogas quanto de outras coisas, como o funcionamento da DarkNet. 

Como Vender Drogas Online (Rápido)
Como Vender Drogas Online (Rápido). | Foto: Montagem/Reprodução.

Ademais, mostra como a geração z interage entre si e como que, com a Internet, é muito mais fácil se obter acesso e informação de tudo. Sendo assim, tornando-os jovens que possuem todo o poder da tecnologia na palma da mão, mas, muitas vezes, só usufruindo disso de forma superficial, como compartilhando fotos e utilizando filtros. 

Crítica da 2ª temporada de Como Vender Drogas Online (Rápido)

Na segunda temporada fica ainda mais nítido como a sociedade atual mudou em muitos aspectos se comparado a décadas anteriores, um exemplo disso é que hoje em dia os comentários on-line são essenciais para adquirirmos um produto ou serviço, tudo é baseado em vivências de outras pessoas e em comentários dessas.

Como Vender Drogas Online mostra não um traficante obscuro e maldoso, mas sim, um adolescente com uma mente brilhante que leva uma vida de estudante comum. Ainda incentiva o debate sobre  o uso e legalização de drogas, os danos que estas podem causar, as “fases” da adolescência e a dificuldade que algumas pessoas têm de se encaixar em estereótipos. 

O protagonista quebra a 4ª parede, conversando com o espectador e trazendo sacadas inteligentes, se comparado a grandes nomes do empreendedorismo tecnológico como Mark Zuckerberg e Steve Jobs, ajudando no lado cômico da série.

Uma curiosidade é que a série é baseada em fatos reais. O personagem Moritz é inspirado em Maximilian, que, com apenas 18 anos em 2003, criou uma loja on-line para vender drogas dentro de seu próprio quarto. Porém, na vida real, Max não tinha um amigo que o ajudou a construir a loja. Ele simplesmente construiu tudo sozinho, até ser descoberto pela polícia em 2015.

________________________________
Por Leticia Tuane – Fala! Mack

Tags mais acessadas