Como 'Star Wars Jedi: The Fallen Order' pode mudar a franquia
Menu & Busca
Como ‘Star Wars Jedi: The Fallen Order’ pode mudar a franquia

Como ‘Star Wars Jedi: The Fallen Order’ pode mudar a franquia

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Como ‘Star Wars Jedi: The Fallen Order’ pode mudar a franquia

Imagine o universo de Star Wars… Agora, dentro dele, uma história completamente diferente do que já estamos acostumados, quebrando com todos os clichês manjados, mas também tão amados pelo público, com personagens totalmente novos sem ligação com os antigos, e com um enredo diferente do já tradicional da franquia.

Gostou da ideia? Eu também, inovar, às vezes, pode ser positivo. Não gostou? Te entendo, afinal, foi essa estrutura antiga que fez o título ser tão amado. Mas independente da sua resposta, relaxe, esse cenário não é o caso aqui.

Star Wars Jedi: The Fallen Order
Como Star Wars Jedi: The Fallen Order pode mudar a franquia. | Foto: Reprodução.

Jogo Star Wars Jedi: The Fallen Order e mudanças na franquia

Star Wars Jedi: The Fallen Order é um jogo de ação e aventura, com elementos de RPG, desenvolvido pela Respawn Entertainment e distribuído pela EA Games, lançado em novembro de 2019 para PC, PS4 e Xbox One. O mais recente jogo da série se passa entre os episódios 3 e 4 dos filmes, alguns anos após o Imperador dar início à ordem 66, que deu início à caçada e ao extermínio de todos os jedis do universo.

Nesse contexto, acompanhamos a história de Cal Kestis um jovem padawan que conseguiu fugir do extermínio e passou a viver como um sucateiro. No entanto, um incidente o leva a usar seus poderes, sendo assim, descoberto e passando a ser perseguido pelo império.

Para sobreviver, nosso herói, com uma dupla recém-conhecida de aliados, parte em uma jornada com o objetivo de derrotar aqueles que o ameaçam e, juntamente à aliança Rebelde, restabelecer a ordem na galáxia.

Podemos perceber que o enredo do jogo não foge da ideia do jovem promissor com a força que desenvolve suas habilidades ao longo do tempo e se vê forçado pelas circunstâncias a fugir com aliados inesperados, se envolvendo em uma batalha intergaláctica na qual ele acabará sendo protagonista da salvação do universo, ou seja, o plot padrão da saga Star Wars.

Novidades do jogo

Mas, então, se o jogo não é inovador em sua história, no que ele pode contribuir para uma expansão do universo? A resposta está em dois pontos, os quais seriam personagens e interações, pois o que Fallen Order traz de novo é a forma como os atores que movem a história se relacionam entre eles e com o mundo em que estão inseridos.

Ao longo do gameplay, o jogador irá mergulhar em vários planetas e suas civilizações, entendendo um pouco de sua cultura. Irá se deparar com informações anteriores ao momento em que o jogo se passa, as quais irão gerar reflexões, e um maior conhecimento sobre o universo no qual o jogo é ambientado, além, é claro, de batalhas épicas com monstros alienígenas, situações essas que poderiam ser muito bem exploradas no plano cinematográfico da série.

Mas, se passado e monstros não são suficientes, há um desenvolvimento psicológico e emocional dos heróis e dos vilões, como esses personagens podem ser ambíguos e a forma como os atos de uma pessoa ruim podem ser motivados pelas falhas de uma pessoa boa. Afinal, a luta no jogo é entre dois personagens completamente novos, o que permite explorar relações inovadoras e mais complexas.

Bom, no final, Star Wars Jedi: The Fallen Order não reinventa a forma como enxergamos o universo no qual ele se passa, mas ele nos convida a ter um olhar para novas possibilidades de aventura, para as quais ainda não tínhamos atentado sobre o seu grande potencial narrativo e como elas poderiam entreter, divertir e ampliar aquilo que o público entende como Star Wars.

________________________________
Por Alberto Lucas Favato – Fala! UFMG

Tags mais acessadas