Menu & Busca
Cinco destinos no Brasil para as férias de julho

Cinco destinos no Brasil para as férias de julho


As férias de julho estão chegando. Que tal viajar pelo Brasil? Nosso país oferece ótimas localidades para quem adora um friozinho ou para aqueles que só querem saber de calor. Para ajudar na decisão, o ViajaNet, agência de viagens online, sugeriu cinco destinos com opções para todos os gostos. Escolha o que combina mais com você.

Búzios – Rio de Janeiro

Foto: Divulgação

A Armação de Búzios é uma antiga vila de pescadores que, apesar de pequena, traz muitos atrativos para os visitantes.  O lugar ganhou fama mundial com a presença da musa francesa Brigitte Bardot em suas areias nos anos 60.

Em julho, as temperaturas são mais amenas e a cidade não fica tão cheia, o turista tem as condições ideais para curtir as mais de 20 praias e escolher as que mais se ajustam ao seu perfil. É possível também fazer passeios de barco e escunas, mergulhar e praticar esportes náuticos, surfe, stand uppaddle e kitesurf.  Outra possibilidade é ir às compras na Rua das Pedras ou comer muito bem em alguns dos restaurantes da cidade. Difícil é escolher o que fazer primeiro!

Garanhuns/PE

Festival Interno de Garanhuns (FIG) (Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Garanhuns)

Quando a ideia é fugir do frio, basta ao turista pegar o primeiro voo até o Nordeste, certo? Depende.

Garanhuns é uma cidade nordestina que oferece exatamente o contrário. Ao invés de calor, é um destino muito interessante para aqueles que querem aproveitar temperaturas mais baixas, mas que não assustam.

A cidade conta até com um festival de inverno. Criado em 1991, o evento é considerado um dos principais do Nordeste e oferece diversas manifestações em vários pontos da cidade, como oficinas, shows que misturam diversos estilos musicais, exibições de filmes, entre outros. Neste ano, o 29º FIG vai rolar de 18 a 28 de julho.

Em paralelo ao festival, o turista também pode aproveitar para degustar um fondue acompanhado de um vinho em um dos sofisticados restaurantes locais.

Caldas Novas/GO

Foto: Divulgação

A apenas 150 km ao sul da capital goiana, a cidade de Caldas Novas recebe um grande número de turistas que procuram diversão em suas águas quentes, sejam de suas piscinas naturais, sejam de seus parques aquáticos. A região é a maior estância hidrotermal do planeta.

E a melhor época para visitar a cidade e aproveitar suas águas deliciosas é justamente nas férias de julho, quando as noites podem atingir temperatura próxima a 16º. Além disso, tratando-se de um período de seca, dificilmente o viajante será surpreendido por chuvas.

Além dos parques aquáticos, Caldas Novas tem um grande movimento noturno em bares e restaurantes próximos à igreja Matriz da cidade, além de algumas cachaçarias. Isso possibilita ao viajante aproveitar também as noites frescas conhecendo a gastronomia e ainda as bebidas artesanais.

Serra Gaúcha/RS

Foto: Divulgação

Para quem quer aproveitar ao máximo as temperaturas mais baixas, poucos locais são tão indicados quanto a Serra Gaúcha. As cidades de Bento Gonçalves, Gramado e Canela, todas muito próximas a Porto Alegre, oferecem ao turista ótimas opções de hospedagem, vinhos de alta qualidade, gastronomia deliciosa e uma grande variedade de chocolates.

Em Bento Gonçalves está localizado o Vale dos Vinhedos, região que concentra as principais vinícolas do Brasil. A maior parte delas oferece visitas guiadas aos vinhedos bucólicos, nas quais o viajante pode aprender muito sobre a produção dos vinhos e, o que é ainda melhor, degustá-los enquanto consome os petiscos oferecidos.

A gastronomia exuberante pode ser apreciada nos diversos restaurantes italianos localizados na beira das estradas da região. Próxima dali fica Gramado, que é a melhor cidade para a compra de roupas de inverno e chocolates.  Vale a pena também conferir os parques de diversão, como o Mini Mundo e o Snowland.

Já aquecido e alimentado, pode completar a viagem em Canela. As principais atrações da vizinha de Gramado são proporcionadas pela inigualável beleza da Serra Gaúcha, que inclui a vista, a partir de mirantes, bondinhos e até de um elevador panorâmico, para imensas cachoeiras que despencam de seus vales verdejantes.

Natal/RN

Foto: Divulgação

Quando se escolhe o Nordeste como opção para fugir do inverno, uma preocupação comum é a ocorrência de chuvas. Se a escolha for Natal, porém, o turista pode ficar despreocupado.

Apesar de ser o período de maior índice de chuvas ao longo do ano, não é à toa que a capital potiguar é conhecida como a “Cidade do Sol”.  Apesar de frequentes, elas normalmente acabam rápido e são seguidas por um clima ainda mais quente e ensolarado.

E não faltam atrações, não só em Natal, como também nas proximidades, como a praia de Ponta Negra, com suas rochas pontiagudas que escondem outras praias menores e a sua vida noturna agitada ou o Forte dos Reis Magos, localizado nos arredores da capital.

O maior cajueiro do mundo, que mais se assemelha a uma plantação inteira, também fica a cerca de 20 km de Natal, na cidade de Parnamirim. Igualmente próximas, no município de Extremoz, estão as praias e as gigantescas dunas de Genipabu, que obrigatoriamente tem que ser conhecidas por todos os viajantes. Com certeza, o turista que escolher Natal como destino para as férias de julho dificilmente se lembrará o que é sentir frio.

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

2 Comentários

  1. raphael.vieira
    6 meses ago

    Queria férias ?

  2. raphaelvieira
    6 meses ago

    Sera que vou consquistar meu sonho de viajar para a serrra gaucha?

Tags mais acessadas