Caso Isabele: garota que disparou contra a amiga se entrega a polícia
Menu & Busca
Caso Isabele: garota que disparou contra a amiga se entrega a polícia

Caso Isabele: garota que disparou contra a amiga se entrega a polícia

Home > Notícias > Caso Isabele: garota que disparou contra a amiga se entrega a polícia

Uma nova etapa do caso de Isabele Guimarães Ramos se estabelece nesta terça-feira (15). A adolescente que atirou em Isabele se entregou para a polícia, na Delegacia Especializada do Adolescente.

Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), os menores de idades não cometem crimes, e sim atos inflacionários análogos aos crimes. Dessa forma, a garota, agora com 15 anos, que disparou contra Isabele, foi julgada por cometer um ato inflacionário análogo ao crime de homicídio doloso.

A adolescente de 15 anos será internada em uma unidade socioeducativa por determinação da juíza da Vara da Criança e da Juventude, a Cristiane Padim, conforme o portal G1.

caso Isabele
Amigos e familiares fazem homenagem para Isabele Ramos, de 14 anos, após sua morte por um tiro pela sua amiga. / Foto: G1.

Caso Isabele

O caso Isabele se caracteriza pela história chocante em que a amiga da vítima se direciona com a arma para o cômodo, o qual Ramos estava, e atira na amiga em uma altura de 1,44 metros e de uma distância de 20 ou 30 centímetros.

Depois da análise das perícias, a conclusão foi de que a adolescente estava com a arma apontada para Isabele e sem lógica para um tiro acidental, confira o que diz a perícia aqui.

Isabele Ramos
Foto de Isabele Ramos com a mãe antes da sua morte no condomínio luxuoso, em Cuiabá (MT), na casa da amiga que disparou contra ela. / Foto: Reprodução.

Além disso, o caso se constitui de cenas adulteradas, tanto por parte da família da garota que disparou contra a “amiga” Isabele, quanto para os quatro policiais, sendo um desses delegado.

O pai, o filho e a mãe mudaram os rumos da cena criminal após apetrechos de armas serem deslocados e a cápsula da bala que atingiu a adolescente foi movimentada, segundo o portal G1. Já os policiais (um delegado, um policial militar e dois investidores da Polícia Civil), estão sendo investigados por improbidade administrativa, chegando até mesmo perder seus cargos.

Diante disso, outras pessoas foram julgadas, como o pai e namorado da garota que disparou, além do pai do jovem. O namorado da adolescente de 15 anos foi acusado de ato inflacionário semelhante ao crime de porte ilegal de armas e o seu pai indiciado por omissão de cautela por arma de fogo, pois não sabia que o filho estava com a arma, mas a justiça considerou que o equipamento não estava em um local seguro.

O pai da garota que atirou em Isabele Ramos é o empresário Marcelo Cestari, esse foi indiciado de adulteração da cena do crime, homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e entrega de arma para uma menor de idade.

Entenda sobre todo o caso aqui.

_________________________________
Por Amanda Marques – Redação Fala!

Tags mais acessadas