Bom Dia, Verônica: a série que retrata a vivência de muitas mulheres
Menu & Busca
Bom Dia, Verônica: a série que retrata a vivência de muitas mulheres

Bom Dia, Verônica: a série que retrata a vivência de muitas mulheres

Home > Entretenimento > Cinema e Séries > Bom Dia, Verônica: a série que retrata a vivência de muitas mulheres

A mais nova produção brasileira da Netflix, Bom Dia, Verônica, estreou no início de outubro e já tem disseminado opiniões tanto do público, quanto da crítica.  A série contém 8 episódios, acontece na cidade de São Paulo e é baseada no livro de Raphael Montes e Ilana Casoy.

Bom Dia Verônica
Cartaz de Bom Dia, Verônica. | Foto: Reprodução/Netflix 

Série Bom Dia, Verônica

O elenco é composto por Tainá Muller, ao lado de Elisa Volpatto, Camila Morgado e Eduardo Moscovis, entre outros nomes da dramaturgia brasileira. Tainá vive a protagonista Verônica Torres, uma policial escrivã que está investigando um criminoso e procura justiça às mulheres que sofrem algum tipo de abuso, violência doméstica ou até mesmo são mortas.

Sabe aquela série que você só consegue parar de ver quando termina todos os episódios? A produção é envolvente e traz muitas reflexões para o telespectador. Diferentemente de outras obras de ficção, em Bom Dia, Verônica, você sabe que sim, muito do que aconteceu ali, acontece na vida real e por isso é tão marcante.

Contudo, ao assistir a essa série, não pude deixar de relacionar com o caso Mariana Ferrer, tão falado nas últimas semanas. Ao observar esse caso e a relação de Janete (Camila Morgado) e o marido Cláudio Brandão (Eduardo Moscovis), coronel da Polícia Militar de São Paulo, é nítido como é difícil ser mulher e enfrentar um homem que tenha status, poder e dinheiro. Um homem que seja bem visto socialmente.

Além de que, por ser uma série brasileira, traz toda uma familiaridade para nós, telespectadores brasileiros. Sem falar no roteiro extremamente bem construído, do trabalho impecável dos atores, entre outros detalhes que fazem toda a diferença para a série que tem uma temática tão importante. 

___________________________________
Por Marcela de Sousa Almeida – Fala! Cásper

Tags mais acessadas