Menu & Busca
A diferença e particularidade de Billie Eilish

A diferença e particularidade de Billie Eilish


Maria Antônia Anacleto – Fala!Cásper

Nascida em Los Angeles, no dia 18 de dezembro de 2001, Billie Eilish Pirate Baird O’Connell foi criada em um ambiente totalmente favorável ao florescimento da sua sensibilidade artística. Billie e seu irmão, Finneas O’Connell, filhos de Maggie Baird e Patrick O’Connell (atriz e músico/roteirista) foram educados em casa e desde pequenos sempre foram estimulados a produzirem e consumirem todo tipo de arte.

retrato da billie eilish
Billie Eilish

Quem é Billie Eilish

Aos oito anos de idade, Billie ingressou no Los Angeles Children’s Chorus e com onze anos já estava compondo e cantando com o irmão as próprias músicas. Finneas sempre foi muito parceiro de Billie, e em 2015, como uma brincadeira sem segundas intenções, motivada por Finneas, os dois lançaram duas músicas no SoundCloud: “Fingers Crossed” e “She’s Broken”. No mesmo ano, Billie e Finneas começaram a compor “Ocean Eyes”, e no ano seguinte, “Ocean Eyes” foi lançada como single de estreia de Billie e se tornou um sucesso. Tudo isso acontecendo e Billie com 14 anos.

Desde aquela época, Billie é um fenômeno nas redes sociais. Seu estilo de se vestir particular, seu comportamento e falas típicas de uma adolescente – mas que ao mesmo tempo rompem com a representação da figura feminina na indústria fonográfica, principalmente a adolescente- compõem a espécie de imã que Billie possui em torno de sua personalidade pública. Ela usa roupas largas, sneakers, não faz poses comuns e carrega aquele hype junto de si. Para Billie, “Fama é irrelevante”.

View this post on Instagram

gukki

A post shared by BILLIE EILISH (@billieeilish) on

As Músicas

Suas músicas tratam de temas não convencionais, como saúde mental, depressão e suicídio. Ela se posiciona de uma forma diferente das outras artistas pop e teen. As letras são melancólicas, angustiantes, subjetivas e sinceras. Não são hinos pop, nem músicas dançantes e açucaradas, sempre colocando a figura da mulher como perfeita e inatingível. Billie se mostra como uma adolescente próxima do público. É uma jovem falando diretamente com jovens.  Ela não está sorrindo o tempo todo, não está feliz o tempo todo e não é a mesma de sempre. Mostra-se como uma artista abrangente, sempre em mudança e transição.

Sua personalidade está em total harmonia com suas músicas. Fora da curva, com opiniões fortes e longe do pop comercial. Com uma pegada que navega entre o indie eletronic, dark alternativo pop e traços de trap e hip hop, “WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?”, o primeiro álbum de Billie, lançado no começo de 2019, traduz essa subjetividade, melancolia e sinceridade.

Hoje com 45 milhões de ouvintes mensais no Spotify, Billie Eilish simboliza uma mudança de referências, principalmente para as jovens. Ela se mostra humana e sincera, é representada de uma forma que o seu talento e mensagem vem acima de sua aparência e comportamento. Ela possui personalidade, é melancólica, irônica, forte e não está feliz 100% do tempo: uma mulher de verdade.

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas