Menu & Busca
Os casos mais estranhos do Big Brother ao redor do mundo

Os casos mais estranhos do Big Brother ao redor do mundo


Parto ao vivo

No Big Brother da Holanda, em 2005, um parto aconteceu ao vivo no programa. A participante, Tanja Jovanívic, entrou em trabalho de parto durante o programa e o nascimento do bebê foi transmitido para o público.

Big Brother ou XVídeos?

Na República Tcheca, a imprensa descobriu que um participante do reality era um ator pornô! O brother era Filip Trojovský e foi eliminado com 80% dos votos. Depois de sua saída, a audiência caiu tanto que ele acabou por ser convocado de volta para o programa. Filip terminou o jogo em terceiro lugar.

Foto: divulgação

Ranço brasileiro é pior que internacional

Acredita que o maior índice de rejeição é Brasileiro? Pois é. No BBB de 2005, Aline foi eliminada com 95% dos votos do público. Mas também, quem ela enfrentou no paredão não foi ninguém mais, ninguém menos que Grazi Massafera!

Foto: divulgação/TV Globo

Três espiãs demais

Na terceira temporada do programa na Bulgária, as trigêmias Nadejda, Vyara e Lyubov só poderiam ingressar no programa se, na fase de testes, conseguissem enganar os outros brothers para que eles acreditassem que as três eram uma só pessoa. Elas não só conseguiram fazer todos eles de bobos, mas também fazer com que Lyubov fosse a ganhadora da edição.

Foto: divulgação

Religião e Big Brother não combinam

Em 2004, o programa estreou no Golfo Pérsico, mas a edição foi cancelada logo no início. Isso aconteceu porque, para o Islã, o entrosamento entre homens e mulheres que não são do mesmo sangue é pecado. Mesmo com divisões na casa para que os dois sexos fizessem suas orações separadamente, protestos do público fizeram com que o programa fosse cancelado.

Protestos contra a reprodução do programa

Tupiniquim ousada

Na edição de 2003 do BBB, uma mulher PELADA invadiu os estúdios e tentou agarrar Pedro Bial. Ela foi retirada em alguns segundos pela segurança.

Foto: Reprodução/TV Globo

Big Brother Forever

Na Alemanha, a quinta edição do programa durou 1 ano! Os 365 dias de confinamento tiveram início em 2004 e contou com 59 participantes.

O verdadeiro Big Brother

Foto: divulgação

Sascha Sirtl, ganhador da edição que durou 1 ano na Alemanha, é o verdadeiro Big Brother mundial. Depois dos 365 dias confinado, Sascha voltou na nona edição do programa, onde ficou confinado por mais 120 dias. Isso tudo totaliza 485 dias de confinamento, um recorde quase impossível de ser quebrado!

Um refugiado no programa

No ano passado, o BBB contou com a presença de Kaysar, um refúgiado sírio que tentou se arriscar no programa para conseguir trazer a família, de Alepo, para o Brasil. Ele não ganhou o programa, mas conseguiu reunir a família no país um tempo depois.

Foto: reprodução
Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas