Governo de SP antecipa retorno de aulas presenciais em Universidades
Menu & Busca
Governo de SP antecipa retorno de aulas presenciais em universidades

Governo de SP antecipa retorno de aulas presenciais em universidades

Home > Universidades > Governo de SP antecipa retorno de aulas presenciais em universidades

Na última segunda-feira (13), o Governo do Estado de São Paulo anunciou que as faculdades e escolas técnicas estaduais poderão retomar as aulas presenciais em cidades que se mantiverem por 14 dias consecutivos na fase amarela do plano de flexibilização da quarentena, intitulado “Plano São Paulo”.

Aulas Presenciais
Governo de SP antecipa retorno de aulas presenciais em universidades. | Foto: Reprodução.

Faculdades poderão retomar aulas presenciais

A retomada das atividades deverá ser feita gradualmente, tendo como prioridade cursos que necessitem de aulas práticas, dando a recomendação para que aulas teóricas continuem a distância.

Atualmente, o Estado de São Paulo tem sete regiões na fase amarela, sendo elas a capital Paulista, Microrregião Leste da Região Metropolitana de São Paulo, Microrregião Oeste da Região Metropolitana de São Paulo, Microrregião Sudeste da Região Metropolitana de São Paulo, Microrregião Sudoeste da Região Metropolitana de São Paulo, Baixada Santista, Registro.

Apenas 35% dos alunos matriculados em cada curso poderão retornar ao ensino presencial, evitando aglomerações que podem agravar a crise de saúde. A prioridade para o retorno será dada para carreiras da área da saúde e alunos que estejam concluindo seus cursos no 2º semestre de 2020.

Em anúncio feito no dia 24/6, o governo de São Paulo disse que a retomada das aulas presenciais para o ensino superior, médio, fundamental e infantil poderá ocorrer a partir do dia 8 de setembro, em toda a rede de ensino estatal.

O plano do governo do Estado de São Paulo prevê a retomada das aulas presenciais em 3 fases distintas. De acordo com o comunicado dado no dia 24/6, o plano de ação para a volta as aulas só poderia acontecer caso o Estado de São Paulo estivesse a 28 dias consecutivos na fase amarela. O governo antecipou a retomada das aulas presenciais, diminuindo o tempo de espera para 14 dias corridos.

No dia 17/6, o MEC autorizou a extensão do período de aulas a distância para o Ensino Superior até o fim do ano letivo. Dessa forma, as faculdades terão a liberdade de escolher se ficarão no Ensino Remoto até o fim do ano ou se voltarão com as aulas presenciais no último bimestre de 2020.

Tags mais acessadas