As novas leis de segurança de Hong Kong: Por que elas são um risco?
Menu & Busca
As novas leis de segurança de Hong Kong: Por que elas são um risco?

As novas leis de segurança de Hong Kong: Por que elas são um risco?

Home > Notícias > Política > As novas leis de segurança de Hong Kong: Por que elas são um risco?

O Projeto de Lei foi votado e aprovado por unanimidade no Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo, na capital chinesa, Pequim. Como a China não costuma divulgar muitas informações sobre suas decisões políticas, os detalhes são escassos.

Porém, o que foi divulgado é que serão considerados atos criminosos: romper com o país, minar poder ou autoridade do governo central, será considerado um ato terrorista quem usar violência ou intimar pessoas além de não poder ser cúmplice de forças estrangeiras.

Para manter a fiscalização mais próxima, a China terá seu próprio departamento de polícia em Hong Kong, algo que minaria de forma significativa a liberdade da região.

novas leis de segurança de Hong Kong
Por que as novas leis de segurança de Hong Kong podem ser um risco para a população? | Foto: Reuters.

O que dizem os especialistas?

“Está claro que a lei terá um impacto severo na liberdade de expressão, se não na segurança pessoal, do povo de Hong Kong”, diz o professor Johannes Chan, especialista em direito da Universidade de Hong Kong.

“Efetivamente, eles estão impondo o sistema criminal da República Popular da China no sistema de direito comum de Hong Kong, deixando-os com total discrição para decidir quem deve se enquadrar em qual sistema”, diz o professor Chan.

A maior preocupação dos habitantes de Hong Kong é o fim da liberdade de expressão e de serem obrigados a aceitar todas as recomendações do Partido Comunista Chinês. 

______________________________
Por Leonardo Raiol Faria – Fala! Universidade Estácio Sá – RJ

Tags mais acessadas