A Liga das Nações da UEFA 2020/2021 começou nessa quinta!
Menu & Busca
A Liga das Nações da UEFA 2020/2021 começou nessa quinta!

A Liga das Nações da UEFA 2020/2021 começou nessa quinta!

Home > Notícias > Esporte > A Liga das Nações da UEFA 2020/2021 começou nessa quinta!

Após o título de Portugal em 2019, a Liga das Nações da UEFA chega à sua 2ª edição, com início nessa quinta-feira (3). O torneio conta com todos os 55 países registrados na federação europeia, que são ranqueados em 4 ligas diferentes.

As ligas A, B e C são divididas em 4 grupos, com quatro equipes em cada, enquanto a quarta competição tem apenas 2 grupos. As fases de grupos serão disputadas entre os meses de setembro e novembro, o mata-mata entre setembro e outubro de 2021 e os confrontos contra o rebaixamento apenas em março de 2022.

Liga das Nações da UEFA 2020/2021

Liga A

O grupo A1 da primeira divisão da Liga das Nações conta com a tetracampeã mundial Itália, que busca voltar a ter o protagonismo do passado após recentes fracassos nas grandes competições. O principal destaque da equipe é o atacante Ciro Immobile, premiado com a Chuteira de Ouro após marcar 36 gols na temporada. Outras duas seleções muito qualificadas neste grupo são a Holanda, que será comandada pelo treinador interino Dwight Lodeweges após a saída de Ronald Koeman para o Barcelona, e a Polônia, que conta com Robert Lewandowski, o principal candidato ao prêmio The Best da FIFA em 2020.

No segundo grupo, Bélgica e Inglaterra entram como favoritos na disputa pela liderança contra os povos nórdicos da Dinamarca e Islândia. Os belgas mantiveram a base da sua equipe que foi semifinalista na última Copa do Mundo, com atletas como Eden Hazard, Kevin De Bruyne e Romelu Lukaku, enquanto os britânicos resolveram testar novos jogadores jovens como Phil Foden, Mason Greenwood, Kalvin Phillips, entre outros. Vale destacar também a Islândia, que está longe de ter o mesmo elenco dos últimos anos e conta com alguns desfalques, como do meia Gylfi Sigurðsson e do volante Aron Gunnarsson.

Liga das Nações da UEFA
Mason Greenwood e Phil Foden nos treinos da seleção da Inglaterra. | Foto: Manchester Evening News.

O grupo A3 é o grupo da morte da competição. A seleção portuguesa entra na disputa defendendo o título da 1ª edição com uma equipe muito forte de atletas em excelente momento, como o craque Cristiano Ronaldo, o volante Rúben Neves e o meia Bruno Fernandes. A França é o país com o maior número de jogadores de alta qualidade disponíveis na Europa e conta com os jovens Dayot Upamecano e Eduardo Camavinga, este último de apenas 17 anos, como novidades nesta convocação. A Croácia, atual vice-campeã mundial, manteve sua base de costume, porém conta com as baixas dos meias Ivan Rakitić e Luka Modrić, jogadores de Sevilla e Real Madrid, respectivamente. O grupo ainda conta com a Suécia, outra seleção que fez uma grande campanha na Copa do Mundo da Rússia e traz o ponta Dejan Kulusevski, de apenas 20 anos, como novidade no elenco.

O último grupo conta com duas grandes grandes seleções que estão passando por um processo de reformulação. A Alemanha, por conta das fases finais da Liga dos Campeões, não convocou nenhum atleta do Bayern de Munique e do RB Leipzig e apresentou novos jogadores, sendo o principal deles o lateral Robin Gosens, destaque da excelente Atalanta, da Itália. A Espanha chamou os jovens pontas Ansu Fati e Ferran Torres e o zagueiro Eric García, deixando de fora os experientes Jordi Alba e Gerard Piqué, por exemplo. Suíça e Ucrânia prometem jogo duro contra as potências internacionais, com equipes bem treinadas e muito qualificadas.

Liga B

Na liga B, algumas seleções se destacam como a Rússia, sede da última Copa do Mundo, a Noruega, país do destaque Erling Haaland, Sérvia, do experiente Dušan Tadić, e a Áustria, equipe do vitorioso Davide Alaba. Na 3ª competição, o esloveno Jan Oblak, um dos melhores goleiros do mundo, o novo atleta do Liverpool Kostas Tsimikas e a boa equipe do Kosovo, são os protagonistas dessa divisão. O sistema de acesso e descenso da Liga das Nações é feito através de um ranking ao final da competição e os países das ligas inferiores prometem muita dedicação para alcançar a liga A e jogar contra as principais seleções da Europa.

UEFA
Talentoso Erling Haaland atuando pela Noruega na Copa do Mundo sub-20 2019. | Foto: FIFA/Getty Images.

Os jogos iniciaram ontem, quinta-feira (3), com uma grande partida entre Alemanha e Espanha, que terminou em 1×1, às 15h45 no horário de Brasília. No mesmo horário, jogaram Ucrânia x Suíça, Rússia x Sérvia, Turquia x Hungria, Bulgária x Irlanda, Finlândia x País de Gales, Moldávia x Kosovo, Eslovênia x Grécia e, por fim, Ilhas Faroe x Malta.

A competição continuará com jogos todos os dias até terça-feira, com destaques para Holanda x Polônia, Portugal x Croácia e Inglaterra x Bélgica. Alguns confrontos serão transmitidos para o Brasil pelos canais TNT e Space, pertencentes ao Grupo Turner. Os primeiros colocados de cada grupo da liga A se classificam direto para a Copa do Mundo de 2022, tornando essa 2ª edição da Liga das Nações da UEFA ainda mais importante e valorizada, com promessa de grandes partidas e muita emoção.


*Nós, do projeto Esporte em Pauta, estamos realizando uma parceria com o Fala!; se quiser ter acesso a mais conteúdos sobre os mais variados esportes, procure nossa página no Instagram (@esporte_em_pauta) e no Twitter (@EsportePauta).

____________________________
Por Victor Fardin – Fala! PUC

Tags mais acessadas