A influência da publicidade na criação do Papai Noel
Menu & Busca
A influência da publicidade na criação do Papai Noel

A influência da publicidade na criação do Papai Noel

Home > Entretenimento > Cultura > A influência da publicidade na criação do Papai Noel

O inverno em Dezembro é composto por temperaturas muito baixas em grande parte da Europa. Na época da expansão dos bárbaros, há muito tempo, o período ainda era marcado pela escassez de alimentos. Para reverter um pouco a situação, algumas pessoas ajudavam um velhinho que batia de porta em porta pedindo contribuição. Assim, começaram a surgir resquícios do Natal como é conhecido hoje e da figura tradicional do Papai Noel.

A influência da publicidade na criação do Papai Noel
Um inverno com temperaturas muito baixas marca o Natal em grande parte da Europa

De acordo com a lenda, quem respondesse ao senhor com atenção e gentileza, poderia curtir uma estação mais “amena” e com mais conforto. Depois de muitos anos, a figura de São Nicolau também começou a ser relacionada à data comemorativa. Antes, quando ainda não era considerado santo pela Igreja Católica, fez boas ações que o conferiram esse título.

Conheça a história de São Nicolau

Existem diversas versões acerca do fato que o fez virar santo. Uma delas é que o clérigo ajudou uma garota a não ser “vendida” pelo pai. Entretanto, em outra, não era somente uma menina, mas três. Enfim, o que realmente importou foi a sua boa ação.

São Nicolau de Mira, ao jogar um saco cheio de moedas de ouro para pagar o dote de casamento da garota, ou das garotas, fez com que a prostituição fosse evitada. A tradição cristã documenta que o monge turco viveu durante o século IV e, depois de séculos do seu feito, foi reconhecido pela Igreja em relação à sua santidade. O dia 6 de dezembro é a data de sua morte. Por isso, é um dos dias dedicados para montar a árvore de Natal.

Por que a roupa vermelha?

Dizer se o Papai Noel existe para as crianças é uma tarefa complicada para muitos pais. Mas, ao contar essas lendas acerca de sua origem, o papel torna-se mais fácil. O que não pode ser esquecido é que sua figura, como é conhecida hoje, não surgiu há muito tempo: no século passado, a Coca-Cola foi responsável por essa criação. Antes disso, Thomas Nast introduziu uma imagem mais moderna do velhinho barbudo.

A influência da publicidade na criação do Papai Noel
Santa Claus in Camp, revista Harper’s Weekly (3 de Janeiro de 1863). Thomas Nast

De acordo com uma publicação do Met Museum , a imagem acima foi construída por meio de inspirações em tradições europeias sobre São Nicolau e duendes da Alemanha, seu país de origem. Antes, suas roupas eram em tons de marrom e verde, muito mais escuras do que hoje.

A campanha publicitária da Coca-Cola

A professora de Assessoria de Imprensa e Comunicação Corporativa na Faculdade Cásper Líbero, Tânia Pinto, foi convidada para falar um pouquinho acerca da importância da marca na construção de uma figura tão importante. O Papai Noel é destaque em anúncios da Coca-Cola desde a década de 1920, mas era uma personagem séria, mal-humorada.

A influência da publicidade na criação do Papai Noel
Campanha de Natal de 2019 da Coca-Cola| Site Coca-Cola Brasil

No final de 1931, a empresa começou a divulgar em revistas populares nos Estados Unidos anúncios mostrando um Papai Noel caloroso e amigável, vestindo um casaco vermelho. No site, eles afirmam que o ilustrador Haddon Sundblom, responsável pelo anúncio, inspirou-se em uma figura que usava vermelho e não azul, ou seja, eles alegam que não foram responsáveis pela troca da cor da roupa do Papai Noel. Entretanto, sem dúvida, foram peças fundamentais na popularização da figura pagã. Já de 1931 a 1964, a marca mostrava o Papai Noel brincando com crianças e oferecendo presentes.

O Natal e o comércio

Para a entrevistada, especialista em Publicidade, o Natal é a melhor época para vendas em todo mundo: “As marcas aproveitam que os trabalhadores ganham um salário a mais, o décimo terceiro, para estimular vendas por meio da emoção”. Como as pessoas têm um dinheiro “sobrando”, o meio publicitário aproveita para emocionar o público, fazendo com que ele compre mais e presenteie quem é estimado ou querido.

A influência da publicidade na criação do Papai Noel
Muita gente aproveita o décimo terceiro para compras natalinas

Um estudo realizado pela startup Hello Research mostrou que 70% dos brasileiros presentearam alguém no Natal do ano passado. A empresa contou com 1.232 participantes, de 75 municípios do país. Com isso, é possível constatar por que muitas marcas focam, totalmente, as ações de convencimento para a data.

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgou que, no último Natal, o varejo movimentou R$ 36,3 bilhões na ocasião.

Adaptação na pandemia

Além dos presentes, muitas crianças também desejam visitar o Papai Noel. Muitas delas querem, ainda, aproveitar o momento para entregar aquela cartinha especial. Alguns shoppings no Brasil já encontraram meios para lidar com o isolamento social neste momento de movimentação do comércio e do turismo.

A influência da publicidade na criação do Papai Noel
Você pode agendar uma chamada de vídeo com o Papai Noel em 2020

O Pátio Paulista, localizado em São Paulo, apresentou uma iniciativa. O projeto reservou um espaço para conversas com o velhinho. Por meio de uma tela, quem visitar o shopping poderá ter alguns minutinhos, em tempo real, para o diálogo. O momento pode ser agendado também via WhatsApp. E, se você preferir, ainda é possível solicitar um vídeo do Papai Noel, de qualquer lugar em que estiver.

Tags mais acessadas