Cadastre-se e tenha acesso a conteúdos exclusivos!
Quero me cadastrar!
Menu & Busca
A Febre Netflix

A Febre Netflix

Era uma vez, na cidade de São Paulo, um cara muito ocupado, mas que sempre arranjava algum tempinho para sair com seus poucos amigos. Certo dia surgiu o Netflix, e sua vida social acabou.

netflix_web_logo

Sem dúvida alguma você já passou pela terrível experiência de querer curtir um domingo de frio em casa, debaixo do calor das cobertas, ligar a televisão e ficar zapeando entre os canais, sem achar nada que preste ou te satisfaça de forma eficaz. Na tv aberta, programas de auditório maçantes e sem conteúdo, tendo que escutar “hoje não, Faro” e “ô loco bicho!” toda semana. Na tv fechada, filmes sendo reprisados mela milésima vez e os mesmos programas sobre a vida selvagem ao redor do mundo (adoro animais, mas uma hora cansa).

Eis que surge o Netflix!

tumblr_n21dg7o5EQ1ts11rqo1_500

Impossível sua vida não ter mudado depois de adentrar a incomensurável gama de filmes, séries e derivados desse maravilhoso universo. Por um preço acessível, são fornecidos milhares de filmes para todos os gostos e diversas séries para serem assistidos quando e onde você quiser. Além disso, não podemos deixar de citar as incríveis séries exclusivas para assinantes, como House of Cards, Orange is the New Black e Sense 8, séries com ligações externas como Better Call Saul e meu adorado universo Marvel marcando presença com as surpreendentes cenas de ação de Demolidor e, em breve, Jessica Jones. Tudo isso com a disponibilidade de temporadas completas para o deleite do espectador.

Segundo dados divulgados pelo próprio Netflix, cerca de 70% de todo conteúdo assistido são séries. Tendo isso em mente, imagine você em frente ao computador, com uma lista de 3 séries novas que você quer muito assistir, sendo que cada uma delas tem todos os episódios da primeira temporada liberados. Ao assistir o primeiro episódio você quer mais, quer saber o que acontece com determinado personagem, quer entender e ligar os pontos da trama, dá o play no segundo episódio, e lá se vai sua madrugada de sono. Mas você não se importa, poderia fazer isso o dia todo, a noite toda, incessantemente!

XQzvPpz

Porém, segundo estudos realizados por pesquisadores da Universidade do Texas, pessoas que assistem muitas séries em maratona podem sofrer de solidão e depressão. Estes estudos afirmam que, quanto mais solitária e depressiva a pessoa for, maiores são as chances ela adquirir esses hábitos. O estudo ainda não é conclusivo, pois um maratonista de séries não é obrigatoriamente alguém com os problemas citados acima.

Enfim, depressivo ou não, solitário ou bem acompanhado, o fato é que o consumo de serviços em streaming aumenta e se populariza a cada dia. E, se este alto consumo pode ser prejudicial por um lado, por outro, pode também se tornar um estímulo à criação de grandes e ricas obras cinematográficas em um futuro próximo, agregando muito à cultura de nossa sociedade.

netfg

Por: Felipe Page – Fala! Universidades

0 Comentários

Tags mais acessadas