A Fazenda 12: Luiza Ambiel tem crise de labirintite em prova
Menu & Busca
A Fazenda 12: Luiza Ambiel tem crise de labirintite em prova

A Fazenda 12: Luiza Ambiel tem crise de labirintite em prova

Home > Lifestyle > Saúde > A Fazenda 12: Luiza Ambiel tem crise de labirintite em prova

De acordo com a Dra. Cristiane Mayra Adami, especialista em doenças do labirinto, fatores como o estresse podem acabar desencadeando uma crise de labirintite. Na Prova do Fazendeiro de ontem, dentro do reality show A Fazenda, Luiza Ambiel chegou a passar mal. Ela estava nervosa e, principalmente devido à dinâmica da competição, que foi em uma plataforma giratória, não se sentiu muito bem.

A participante precisou de ajuda para retirar-se do local e alegou não necessitar qualquer outro tipo de  suporte. O apresentador do programa Marcos Mion disse que a equipe só iria intervir se Luiza achasse necessário, mas ela dispensou a atenção.   


Luiza Ambiel | Reprodução Instagram 

Para Ambiel, não foi nada agradável ter que se retirar do jogo. Cristiane enfatizou que, assim que a pessoa sentir qualquer tipo de tontura, é necessário procurar um médico, pois ela pode representar inúmeros outros problemas: labirintite, queda de açúcar no sangue, queda da pressão arterial, ou até mesmo infarto, derrame ou tumor. Inclusive, a labirintite, além de poder constranger socialmente, interfere na saúde do indivíduo como um todo.

Mas o que é labirintite?

A labirintite é caracterizada por uma inflamação do ouvido interno ou dos nervos que ligam o ouvido interno ao cérebro. A causa pode estar relacionada ao estilo de vida da pessoa, já que uma crise de labirintite pode ser desencadeada por inúmeros outros fatores como a ingestão de álcool, o cigarro, os níveis de colesterol e triglicérides desregulados, e alterações da pressão sanguínea.


Imagem retirada do site www.digsom.com.br

Os seus sintomas clássicos são: tontura rotatória ou tipo flutuação (quando o paciente tem a sensação de estar pisando em ovos ou em um barco). É muito comum apresentar náuseas e vômitos; desconfortos gastrointestinais (como diarreia); “ouvido tampado” (aquela sensação de estar descendo a serra); como também o zumbido (aquele famoso barulho no ouvido). A dor de cabeça também pode ser um incômodo antes da tontura aparecer, durante o episódio ou após (quando, normalmente, é mais prolongada). 

Como tratar a labirintite?

É muito importante a investigação da causa para tentar tratá-la diretamente. O tratamento é clínico, principalmente com medicações. Esses remédios vão atuar na origem ou na redução dos sintomas, estabilizando a circulação e o funcionamento do labirinto. Outra possibilidade é a Reabilitação Vestibular, que consiste em uma espécie de fisioterapia para o labirinto. São exercícios feitos com um especialista que visam readaptá-lo à situação normal. 

Caso apresente algum sintoma da doença ou queira tratá-la, a Clínica Otorrino Paulista, localizada em São Paulo, é bastante indicada. Com profissionais de diversas áreas, é possível diagnosticar o seu problema com mais agilidade. Basta clicar aqui para ser direcionado ao site e obter maiores informações como endereço e telefone! 

Tags mais acessadas