Menu & Busca
Show do BTS em São Paulo: Fenômeno Coreano chega ao Brasil

Show do BTS em São Paulo: Fenômeno Coreano chega ao Brasil


A temperatura do sábado (25) em São Paulo capital marcava 20 graus e indicava ter mínima no mesmo dia de 12, mas nada impediria as fãs de irem ao show do grupo mundialmente conhecido BTS, que é composto por sete integrantes: Jungkook, RM, V, Jimin, J-Hope, Suga e Jin.

Ao chegar na fila, o clima já era de expectativa e dentro do estádio, antes mesmo do show começar, as armys (como são conhecidas as fãs do grupo) já cantavam todas as músicas que eram passadas no telão.

O show começou por volta das 19:10 com a música de abertura “Dionysus” do novo álbum Map of the soul: Persona com os sete aparecendo por trás de duas panteras cinzas brilhantes e colunas de fogo na parte da frente do palco.

Depois perfomaram “Not Today” e “Wings” fazendo a plateia vibrar e então foram iniciados os solos intercalados com outras músicas que incluíam os sete.

Além da qualidade das imagens passadas nos telões, permitindo uma visão bastante ampliada dos cantores no palco, a estrutura gigantesca que incluía até mesmo panteras gigantes com canhões de fogo, tirolesa para um dos integrantes voar pelo estádio pendurado, escorrega colorido, jatos de água e fogos transformou o que seria apenas um show em um espetáculo marcante.

A fã entrevistada Priscila Baptista Ferreira, de 21 anos e estudante de fotografia percorreu de ônibus os 437 km que separam a cidade do Rio de Janeiro de São Paulo para ver seu grupo favorito, “Para comprar o ingresso eu não dormi, pedi ajuda de outras pessoas e tentei comprar por horas e horas. Para ir, viajei do Rio a São Paulo, foram cerca de 7 horas de viagem, onde não dormi” disse a jovem.

BTS apresenta a turnê ‘Love Yourself: Speak Yourself’ - Getty Images
Septeto apresenta a turnê ‘Love Yourself: Speak Yourself’ – Getty Images

Além disso, é como um sonho realizado para muitas fãs, já que desde 2017 o grupo não voltava ao Brasil, “Este show teve um grande impacto na minha vida, eu pensava sobre ele o dia inteiro e passei muito tempo planejando tudo. Foi a melhor experiência da minha vida, o melhor show que já fui e valeu a pena todo o esforço”, afirma a estudante.

Em diversos momentos nos discursos que os integrantes davam nos intervalos, era possível notar a proximidade dos cantores com as armys (apelido dado carinhosamente as fãs) ao dizerem frases em português como “Brasil é a minha esperança”, pelo J-Hope.

O líder do grupo RM em seu discurso conta “Andamos pelo mundo em 3300 lugares, o país que eu mais queria ver: Brasil amo você”, tornando a noite também um encontro intimista recheado de saudade.

A música de encerramento do show “Mikrokosmos” com sua letra emotiva e delicada transformaram o ambiente em uma pequena galáxia, em que os sete planetas principais da noite eram orbitados pelo que pareciam pequenas estrelas feitas de luzes de celular coloridas  com as cores da bandeira do Brasil (projeto feito pelas fãs).

Fogos coloridos e a música ecoando ao fundo distraiam as fãs do momento de despedida em que o grupo ia saindo do palco, fechando o primeiro show (pois houve outro dia 26) com sucesso.

_____
Por Raquel Pereira – Fala!UFRJ

Quer se tornar um colaborar e escrever para o fala?
Saiba como

0 Comentários

Tags mais acessadas