Home / Colunas / 38ª Semana de Jornalismo da PUC-SP Divulga Data e Programação Completa

38ª Semana de Jornalismo da PUC-SP Divulga Data e Programação Completa

A 38ª Semana de Jornalismo da PUC-SP acontece na última semana de setembro, entre os dias 26 e 30. O evento, organizado pelos estudantes, discute “O Jornalismo e a Prática da Democracia”.

Confirme sua presença no evento clicando AQUI.

E clique AQUI para se inscrever.

Entre os convidados estão jornalistas, blogueiras, fotógrafos, políticos, historiadores e militantes de movimentos sociais. A cada mesa de discussão, temas como política, moda, esporte, cinema, cultura, história, fotografia e mídia serão relacionados ao jornalismo e à democracia. O evento acontece no Campus Perdizes da PUC-SP, é gratuito e aberto ao público.

Confira a programação completa:

14429584_1244261108971050_867281416_n

26/9 – Segunda-feira

19h – 22h: OS EFEITOS DA CRISE POLÍTICA NO BRASIL (Auditório 239)

Debate sobre a cobertura jornalística da atual crise e o posicionamento dos veículos de mídia, em meio à forte polarização política vivida no país.

Com Douglas Belchior (Blog Negro Belchior da Carta Capital, professor e fundador do movimento Uneafro-Brasil e candidato a vereador do PSOL), Luiza Coppieters (militante feminista, professora de filosofia e candidata a vereadora do PSOL), Neusa Pereira (Jornalista do Blogueiras Negras e Abayomi Comunicação e fundadora do MNU-SP) e Rafael Araújo (Professor de política da PUC-SP).

27/9 – Terça-feira

9h – 12h: JORNALISMO E AS ESTRUTURAS ANTIDEMOCRÁTICAS DO ESPORTE (Auditório 117-A)

Discussão sobre o jornalismo esportivo abordando suas polêmicas, como o grande destaque dado ao futebol na mídia, a falta de cobertura dos esportes femininos e a corrupção nas federações.

Com Fabíola Andrade (SporTV), Gabriel Moreira (ESPN), Jamil Chade (Estadão) e Marcelo Gomes (ESPN).

19h – 22h: CINE-DEBATE “RESISTIR É PRECISO!” (Auditório 117-A)

Dentre os 17 episódios da série “Resistir é Preciso!” da TV Brasil, reproduziremos o terceiro, chamado ” A resistência pela mídia também”, seguida de palestras sobre a série e o tema.

Com Júlio Wainer (Diretor geral da TV PUC e professor de jornalismo da PUC-SP), Luiz Antônio Dias (Professor de história da PUC-SP) e Ricardo Carvalho (Jornalista e diretor da série “Resistir é preciso”).

28/9 – Quarta-feira

8h – 12h: OFICINA “DESCONSTRUINDO O JORNALISMO TENDENCIOSO” (Auditório 117-A)

Com o objetivo de mostrar como a mídia trata o machismo, a população LGBT e os movimentos sociais, os alunos serão divididos em grupos onde irão analisar diversas matérias e apresentar as suas conclusões. Em cima disso, os palestrantes farão seus discursos.

Com Luíse Bello (Think Olga), Marina Pita (Intervozes) e Pedro Alexandre (Jornalistas Livres).

19h – 22h: MODA, COMPORTAMENTO E PADRÕES EXCLUDENTES (Auditório 117-A)

Mulheres que não se encaixam nos “padrões tradicionais de beleza” das grandes mídias se juntam para falar sobre moda, comportamento e exclusão.

Com Nanda Cury (Blog das Cabeludas e Marcha do Orgulho Crespo), Maria Rita Casagrande (Blogueiras Negras) e Stephanie Ribeiro (militante feminista negra).

29/9 – Quinta-feira

9h – 12h: CULTURA HEGÊMONICA: O QUE FICA DE FORA? (Auditório 117-A)

Um debate sobre as causas e soluções do monopólio no jornalismo cultural, que prefere a cobertura de eventos comerciais, deixando de lado as manifestações alternativas e periféricas.

Com Daniel Benevides (Revista Cultura! Brasileiros), Renata Prado (Batekoo), Rosane Pavam (Carta Capital) e Thiago Vinícius (Agência Solano Trindade).

19h – 22h: FOTOJORNALISMO E DIREITOS HUMANOS: RETRATOS DA HUMANIDADE? (Auditório 117-A)

A mesa tem como intuito discutir os limites da exposição fotográfica. No mundo em que as imagens são cada vez mais relevantes, como mostrar os conflitos da sociedade sem ferir os direitos humanos?

Com Jardiel Carvalho (Fotocoletivo R.U.A. e VICE), Renato Stockler (Agência na Lata), Rodrigo Zaim (Fotocoletivo R.U.A.), Rogério Assis (Fotógrafo Independente) e Sérgio Silva (Fotógrafo Independente).

30/9 – Sexta-feira

9h – 12h: REPÓRTERES INTERNACIONAIS E A PROPAGAÇÃO DA HISTÓRIA (Auditório 117-A)

Discussão de como os correspondentes ao redor do mundo cobrem os conflitos políticos, sejam em ambientes democráticos ou em estados de guerra.

Com Kamil Ergin (Agência Ciham), Lourival Sant’Anna (Estadão/CBN) e Patrícia Campos Mello (Folha de São Paulo).

19h – 22h: DEMOCRATIZAÇÃO DA MÍDIA (Auditório 117-A)

Como tornar o meio jornalístico mais democrático? Para fechar a semana, a mesa debaterá quais medidas adotar para fazer da mídia um ambiente menos monopolizado e com mais diversidade.

Com Adriana Reid (Band), Ana Flávia Marx (Barão de Itararé), Fernando Sato (Jornalistas Livres), Laurindo Lalo Leal (TV Brasil) e Sinval Itacarambi (Revista IMPRENSA).

capa-rede

Por: Paola Micheletti e Laura Jabur – Fala! PUC

Confira também

Quem narra, manipula – seja com a caneta, seja com a câmera

Por Lígia de Castro – JornalismoJr ECA-USP     Um personagem anda por uma rua. A ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *