Home / Universidades / Cásper / Tudo sobre a Cervejada Pós JUCA da Cásper – de Volta para Marajó!

Tudo sobre a Cervejada Pós JUCA da Cásper – de Volta para Marajó!

Por: Ayumi Fumayama, Maiza Gondim e Marina Ruiz – Fala! Cásper

 

Alô alô, Cásper Líbero!

Nossa equipe de reportagem fez uma cobertura mais do que especial desta lendária Cervejada. Confira:

foto REPORTAGEM - IMPRENSA

Desde o último feriado de Corpus Christi, a Paulista 900 e seus agregados se dividiram em dois grupos: Os que ainda sofrem com saudades do JUCA e os que contam os dias pro evento mais aguardado de 2018.

Em meio a esse impasse, o HP proporcionou pra gente o quinto dia de JUCA – umas das festas mais aguardadas do ano e a última chance pra chegar naquele crush que você perdeu em Araraquara.

foto crocodilo

A Cervejada Pós-Juca, De Volta para Marajó chegou para deixar a galera com um gostinho de quero mais, e pra mostrar que nem o frio abala o espírito de jogos de um casperiano.

foto banheiro químico
Rolê no banheiro químico.

 

A Barroca Zona Sul foi pintada mais uma vez de vermelho e branco, e fez a gente reviver em um dia os melhores quatro dias do ano, com direito a Jesus da CUT, quadribol de grama, chupingolé e muita “chicotada do amor” pra matar as saudades.

foto Jesus da CUT
Olha ele aí de novo, mandando um salve para todos os trabalhadores do rolê!

 

DEU A LOUCA NO HP

O open bar estava caprichado, além de muito open de vexame. A galera teve a prometida catuaba e o queridinho entre os casperianos – o boom de chupingolé. Além de muita cerveja, também teve open de Jurupinga e água (que sempre ajuda naquele finalzinhho de festa né?!).

Os formandos ainda trouxeram a especial “Pombirita”, e puderam curtir sua última Pós JUCA daquele jeitinho especial.

foto crocodilo II

PAULÃO Approves.

VAI RABETÃO

Com um line-up sensacional e ao som do hit Búfalo do Marajó, a galera se empolgou e curtiu o quinto dia do JUCA como se não houvesse o amanhã.

foto III

Como não pode faltar na nossa bagunça casperiana, a cervejada teve muita música boa, com os Djs Zapperano, David Carneiro (Primavera, te amo), rainha Natália Lara e pra finalizar a DJ Anne Nunes, que trouxe muitos hinos nostálgicos no melhor estilo casperiano: de MC Sapão a Sandy e Junior, animando ainda mais o rolê.

Foi com Badalasom que me apaixonei…” O famigerado Búfalo do Marajó também foi o hit dessa cervejada, tocado por quase todos os DJs, deixando a Barroca no clima de #AindaéJUCA, onde a galera cantava formando um coral inesquecível!

A Bateria da Cásper também não deixou a desejar. Junto com a Aguante Rojo, torcida da Cásper, entraram numa energia doida… A multidão vermelho e branco seguiu cantando e dançando com todo o amor casperiano e muita vibração! #IÔIÔIÔIÔ

foto sinalizadores

É O BÚFALO DO MARAJÓ…

O nome da festa já dizia tudo e, obviamente, os casperianos se sentiram em Marajó. Os DJs fizeram a felicidade da galera e tocaram, milhares de vezes, o hino do JUCA.

O “Grupoucas” fez presença e causou na Barroca, com direito a uniforme e coreografia.

 

Mas o que todo mundo quer saber é, de onde surgiu a música? O Bruno Zanardo – vulgo Sequela – conversou com o Fala! e contou como conheceu o hino:

“Eu fui em uma festa em Araraquara no começo do ano, e ia dormir na república de um amigo meu depois da festa. Lá, um dos moradores colocou essa música num looping eterno pra acordar o pessoal. Aí, quando eu escutei, pensei “tenho que fazer isso em um dos jogos (universitários). Fiz um pendrive de 64gb com apenas 1 música e levei pro JUCA. O resto já sabemos o que rolou…”

Sequela ainda contou que não esperava que o hit faria tanto sucesso:

“Sabia que ia botar pra tocar umas 20x, mas que não sairia da nossa vila de hogwarts – mas o pessoal aderiu ao movimento do búfalo de braços abertos”.

Os meninos de amarelo deixaram uma marca única nos casperianos – teve até uma galera que levou um bufalozinho para curtir a festa!

A festa foi incrível, e não temos dúvidas disso. Mas, se você não teve a chance de dizer baixinho que ama x crush ao som da Banda 007, não se preocupe, oportunidade não vai faltar – e a próxima é em agosto, na Pororoca Louca.

Confira também

O trote de comunicação da FMU – confira

Fotos: Lincoln Uehara – Fala! FMU   Na quinta-feira da semana passada, os novos alunos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *